Nova edição da Revista Ecosul disponível no Polo Pelotas

Edição julho/agosto celebra os 23 anos de atuação da Ecosul no Polo Rodoviário Pelotas

A nova edição da Revista Ecosul já circula pelo Polo Rodoviário Pelotas trazendo uma matéria especial sobre os 23 anos de atuação da concessionária. Para maior proteção, os usuários recebem junto com a publicação, um sachê de álcool em gel. A matéria de capa faz um resgate sobre as mais de duas décadas da empresa, que começou a atuar em 1998 com o desafio de transformar as estradas da região sul em caminhos seguros para o desenvolvimento. “Ao longo desses anos a dedicação das equipes da concessionária sempre foi decisivo, seja no empenho diário nas atividades cotidianas ou em episódios desafiadores, provocados pela força da natureza”, relembra o coordenador de comunicação institucional, Johny Calegaro. A matéria relembra um momento marcante, de agosto de 2009, quando as fortes chuvas na região sul elevaram o nível das águas do Arroio Fragata e a ponte localizada no km 528, da BR 116, foi arrastada pela enxurrada durante a noite. “Imediatamente as equipes da concessionária entraram em ação e em menos de 24 horas foi construído um desvio para que o tráfego fosse restabelecido”, relembra. Segundo ele, em pouco tempo teve início a construção da nova estrutura da ponte, com investimentos do pedágio.

As notícias desta edição trazem também as entregas da Campanha do Agasalho da Ecosul e o lançamento da segunda temporada da websérie “flor.estar” do DNIT. O restauro da Torre Sul da Catedral Metropolitana São Francisco de Paula é destaque cultural. As obras do prédio, tombado em nível estadual e federal, prosseguem até dezembro. Na sessão de gastronomia o convite é para que o leitor experimente as delícias das geleias caseiras. A Revista Ecosul tem circulação bimestral e tiragem de cinco mil exemplares, além de estar disponível digitalmente no site www.ecosul.com.br.

→ https://www.flipsnack.com/satoleppress/revista-ecosul-julho-agosto-2021.html

Satolep Press

Foto: Larissa Martins/Ecosul

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.