Festival de Gastronomia da Fenadoce ensinou sobre arte e cultura internacional neste domingo (05)

O domingo da 28ª Fenadoce contou com mais um dia de Festival de Gastronomia, com as oficinas ministradas por Bárbara Oliveira e Arthur Pedroso. As aulas/shows sobre Confeitaria Artística e Gastronomia Argentina fizeram um mix entre aprendizado e degustação para o público.

A ministrante Bárbara Oliveira, que já foi estudante de moda e hoje é Pâtissier (Chef confeiteira), juntamente com apoio da Panfácil, encheu os olhos dos alunos mostrando a confeitaria de uma forma totalmente artística. Para Bárbara, estar hoje compartilhando suas experiências é incrível, pois consegue mostrar que a gastronomia é muito mais do que técnicas ou pegar uma receita e reproduzir: é uma forma de expressar amor pelas pessoas e proporcionar experiências.

“Quando você apenas reproduz uma receita, só está fazendo um processo mecanizado, e quando você vai cozinhar para as pessoas, traz a sua identidade, a sua história e conhece a história das outras pessoas. Quando você traz a arte para dentro, você faz algo especialmente para alguém. Então, passa de ser um processo culinário, de ser uma receita, passa a ser um processo afetivo”, explicou ela.

Arthur Pedroso, Chef de Cozinha e formado em Gastronomia pela Universidade Federal de Pelotas, apostou em um menu diferenciado para os alunos que aprenderam um pouco mais sobre como os argentinos trabalham sua Gastronomia.

O Festival de Gastronomia retorna na próxima sexta-feira (10) com aula de Show/Oficina: Releitura Tarte Tatin, com os palestrantes Tati Fujin, David de Andrade e Filipe Duarte.

Assessoria de Comunicação Fenadoce

Foto: Alair Junior

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.