Você Cuida da Sua Saúde Mental? Campanha Janeiro Branco Visa a Reflexão Sobre o Assunto

O Janeiro Branco é uma Campanha que tem como proposta conscientizar a população sobre os cuidados com a sua saúde mental.

Na maioria das vezes, as pessoas se preocupam com diversos problemas familiares e até com patologias, sem ao menos, imaginar que possa se tratar de uma questão de saúde mental.  Assim, surge a campanha dos Serviços de Psicologia Organizacional e Saúde Ocupacional, ligados à Divisão de Gestão de Pessoas (DivGP), a Psicologia Clínica e a Gerência do Ensino e Pesquisa. Com apoio da Unidade de Comunicação Social, pelo segundo ano consecutivo o Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr. da Universidade Federal de Rio Grande (HU-FURG), vinculado à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), promovem e organizam atividades referentes ao Janeiro Branco.

A campanha recebe esse nome, pois o branco é a cor da virada do ano e é nessa época que todos tendem a traçar objetivos, metas, sonhos ou pretendem se desfazer daquilo que não gostam.

A Equipe Organizadora é da Professora e Médica da FURG, Susi Lauz, dos Psicólogos Tássia Soares e Frederico Moreira, e da Enfermeira do Setor de Saúde Ocupacional, Fábia Souza, além de acadêmicos e bolsistas da Universidade.

De acordo com Susi, a iniciativa de trazer o assunto da Saúde Mental para reflexão no HU foi da psicóloga Tássia, que observou a necessidade de tratar este tema junto aos profissionais da Organização. De acordo com Tássia, a campanha visa a atenção para que se possa “Cuidar de quem Cuida”, ou seja, um profissional para cuidar da saúde dos outros, deve estar bem com a sua saúde.

A Organização Mundial da Saúde, já prevê que até 2020 a depressão será a principal doença incapacitante do Brasil. A Enfermeira Fábia, explicou que o Brasil é um dos campeões em atestados médicos por problemas de saúde mental, e por isso, esta atividade de esclarecimento sobre o tema é tão relevante para a comunidade em geral.

E salienta-se, a importância em buscar profissionais qualificados para orientação e tratamento. O SUS possui algumas formas de acesso para tratamento para os usuários, como por exemplo o CAPS, e em Rio Grande, existe parceria com a Furg e Anhanguera que visa o acesso deste tratamento para a comunidade local.

O preconceito para a busca de ajuda, diagnóstico e tratamento destas doenças ainda é o grande entrave na sociedade. A professora Susi, explica que “as pessoas têm doenças psicossomáticas, adoecem do corpo e da alma. Comumente a população tende a associar doenças à questões do corpo de forma física, mas a saúde envolve o bem estar físico, psicológico (mental e emocional) e ambiental”. E por tratar de condições ambientais, o conceito de saúde também não se trata somente da ausência de doenças, portanto, deve haver harmonia entre estes fatores.

Durante o mês de janeiro estão sendo realizadas roda de atividades, grupos de convivência que buscam ajudar e tornar essas informações mais acessíveis.

De acordo com o psicólogo Frederico, “o foco é conscientizar o trabalhador, porque ainda não é possível atender a toda demanda existente na comunidade”.

Contudo, algumas ações alusivas ao Janeiro Branco, estão sendo realizadas para pessoas que frequentam o hospital, a equipe promoveu palestras relâmpago, distribuiu material explicativo nas salas de espera dos ambulatórios, do Hospital Dia e com os grupos de apoio. Além disso, foram realizadas pesquisas através de urna para quem utiliza o HU, com o intuito de obter informações e observar de que forma as pessoas observam como está a sua saúde mental. 

Nesta quinta-feira (25), haverá uma palestra aberta a comunidade sobre “Mindfulness – manejo do estresse e da ansiedade”, com o psicólogo Darlen Vaz. Segundo Frederico, o “Mindfulness” é uma forma de preparação utilizada para que a pessoa saiba lidar com as condições de estresse, funciona como um controle para se concentrar nas experiências, ou seja, é muito útil para o dia a dia de todos. A palestra será no Anfiteatro Prof. Vicente Mariano Pias, na Área Acadêmica Prof. Newton Azevedo no endereço: Rua Visconde de Paranaguá, 102 – Centro; às 15 horas.

Para os funcionários que desejarem, após a palestra terá atendimento psicológico individual. A equipe explica que em função do tempo e disponibilidade de pessoal, o atendimento funcionará como um “aconselhamento”, e aos que forem diagnosticados com a necessidade de tratamento, serão encaminhados pelos profissionais presentes. 

Thuanny Cappellari – Rio Grande TEM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.