SES RS recomenda ampliação da vacinação contra a gripe para todas idades

Doses agora disponíveis para a população em geral compreendem a quantidade que não foi utilizada pelos grupos prioritários

A Secretaria da Saúde (SES) definiu junto aos municípios que a vacinação contra gripe (influenza) poderá ser aberta a população geral (acima dos 6 meses de idade) a partir de agora. A campanha nacional foi iniciada em abril para os grupos prioritários. No Rio Grande do Sul, até o momento, 1.912.279 de pessoas já se vacinaram contra a doença. A cobertura vacinal entre os grupos que se tinha uma meta de vacinação de 90% (crianças, trabalhadores na saúde, gestantes, puérperas, indígenas, idosos e professores), é ainda inferior a 50%.

O número de doses para a campanha da gripe é limitado a quantidade do público estimado entre os grupos prioritários, não havendo a previsão no aumento no número recebido pelo Ministério da Saúde. Por isso, as doses agora disponíveis para a população em geral compreendem a quantidade que não foi utilizada pelos grupos prioritários até o momento.

O total da população dos grupos prioritários no Rio Grande do Sul para a campanha deste ano foi estimado em 4,9 milhões de pessoas. Para atender esse público, foram recebidas cerca de 5,1 milhões de doses, das quais cerca de 1,9 milhão já foram registradas no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações como aplicadas.

A definição sobre o prosseguimento da estratégia foi definida nesta sexta-feira (03/06) em conjunto com o Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande do Sul (Cosems/RS).

Campanha de Vacinação contra a Influenza no RS, em 2022

  • Total da população dos grupos prioritários: 4.952.203
  • Total de doses recebidas pelo RS pra campanha: 5.116.800
  • Total de doses aplicadas registradas no sistema até 03/06/22: 1.912.279
  • Total da população de grupos específicos*: 3.405.928
  • Total de doses aplicadas nos grupos específicos*: 1.691.840
  • Cobertura vacinal dos grupos específicos*: 49,7%
  • * crianças, trabalhadores na saúde, gestantes, puérperas, indígenas, idosos e professores

Grupo Prioritário – Doses Aplicadas – (Cobertura em %)

  • Crianças (maiores de 6 meses e menores de 5 anos): 215.587 (34,3)
  • Idosos: 1.185.712 (55,3)
  • Trabalhadores de saúde: 196.873 (54,5)
  • Gestantes: 22.729 (23,2)
  • Puérperas: 3.579 (22,2)
  • Professores: 59.175(41,9)
  • Povos indígenas: 10.591 (42,8)
  • Comorbidades: 147.100
  • Adolescentes em medidas socioeducativas (de 12 a 21 anos): 594
  • Caminhoneiros: 9.099
  • Forças Armadas (membros ativos): 5.422
  • Forças de Segurança e Salvamento: 6.446
  • Funcionário do Sistema de Privação de Liberdade: 2.807
  • Trabalhadores de transporte: 5.548
  • Trabalhadores portuários: 760
  • Pessoas com deficiência permanente: 7.105
  • População privada de liberdade: 17.483
  • Outros grupos sem comorbidades: 15.669

→ Clique aqui para ver o painel com dados atualizados da campanha da gripe

240 mil crianças e profissionais de saúde vacinados contra o sarampo

Em paralelo à campanha da gripe (influenza) foi realizada uma estratégia de vacinação contra o sarampo para crianças e trabalhadores da saúde. Ao todo, a população alvo era de em torno de 982 mil pessoas, das quais 241 mil foram vacinadas durante a campanha.

Entre as crianças, foram cerca de 203 mil doses aplicadas, o que representa uma cobertura próxima de 33% do total do público elegível (maiores de 6 meses e menores de 5 anos).

Campanha de Vacinação contra o Sarampo no RS, em 2022

  • População alvo: 982.141
  • Total de doses aplicadas: 241.443
  • Total de doses aplicadas em crianças: 203.700 (32,8% de cobertura)
  • Total de doses aplicadas em outras idades: 2.830
  • Total de doses aplicadas em trabalhadores da saúde: 34.913

→ Clique aqui para ver o painel com dados atualizados da campanha do sarampo

Ascom SES RS

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.