Será que existe a perfeição?

Você conhece a perfeição? Provavelmente não, porque eu também desconheço, mas posso dizer que sei de momentos, sentimentos e pessoas perfeitas, tais como o amor e carinho que sinto pelos meus serumaninhos, meus(as) amigos(as) e familiares e, claro, os pequenos e grandes momentos em que vivemos juntos. Eu tenho certeza que você, caro(a) leitor(a), nesse exato instante seria capaz de me relatar muitos dos seus momentos e ainda mais diria com quem conviveu esses momentos. A questão é que a nossa vida conturbada, a correria, a vida profissional, os estudos e tantas outras coisas, por vezes, nos cegam e, por isso, nem sempre nos identificam o quanto tudo o que vivemos e com quem vivemos é importante e especial e, mais ainda, o quanto devemos valorizar as pessoas e não as coisas, pois como tentei dizer no início desse modesto texto se existe a perfeição muito possivelmente ela não está em nada inanimado e sim naquilo que faz referência aos indivíduos e serumaninhos que amamos, contudo, muitas vezes, infelizmente, não damos valor.

Ana Paula Emmendorfer (Professora de Filosofia e Lógica – Doutora em Filosofia/Unisinos-RS)

Foto: Pixabay

Siga no Facebook: facebook.com/logosreis/

Siga no Intagram: instagram.com/logosreis/

Siga no YouTube: youtube.com/logosreis/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × dois =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.