No espetáculo da vida: é impossível representar o tempo todo

Todos nós representamos papéis seja porque buscamos nos esconder ou porque desejamos transparecer aquilo que não somos. Muitas vezes as nossas máscaras surgem sem querer e outras porque buscamos seguir convenções sociais dominantes, por exemplo. Contudo, o que as pessoas não conseguem perceber é que somos o que somos, independente da interferência de terceiros, de qualquer convenção ou qualquer outra circunstância. Sendo assim, as nossas identidades são mantidas, não há como fugir, embora seja comum essas tentativas de disfarces. Além disso, demonstrar aquilo que não somos não prejudica apenas aos outros, mas a nós mesmos. E, grosso modo falando, é como se costuma dizer: você pode sustentar e/ou ser quem não é por um breve período de tempo, não o tempo todo.

Ana Paula Emmendorfer (Professora de Filosofia e Lógica – Doutora em Filosofia/Unisinos-RS)

Foto: Pixabay

Siga no Facebook: facebook.com/logosreis/

Siga no Intagram: instagram.com/logosreis/

Siga no YouTube: youtube.com/logosreis/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 3 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.