Estado e UFRGS assinam termo de cooperação para realização de testes de coronavírus

O governador e o reitor da UFRGS, Rui Oppermann, celebraram a assinatura do convênio

Um termo de cooperação que permitirá a realização de testes de coronavírus foi assinado entre o governo do Estado, a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e a Fundação de Apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Faurgs) na tarde desta quarta-feira (8/4), no Centro Administrativo Fernando Ferrari (Caff). Em um primeiro momento, há insumos para 500 testes. À medida em que a UFRGS for abastecida com mais material adquirido pelo Estado, o volume diário de testes aumentará, podendo chegar a 160.

“Para o Estado, é imprescindível sabermos quantas pessoas estão sendo contaminadas, a fim de estabelecermos políticas públicas e avaliarmos a necessidade de compra de equipamentos”, destacou o governador Eduardo Leite.

Inicialmente, as amostras serão coletadas de profissionais de saúde, sendo mais tarde ampliadas para abranger também os profissionais da segurança pública. O termo de cooperação prevê que os resultados sejam entregues ao Estado em, no máximo, 24 horas. O convênio é válido por seis meses e pode ser prorrogado.

“Trata-se de um laboratório de altíssima qualidade. O Estado seguirá fazendo a coleta de material e poderá encaminhá-lo à universidade”, descreveu a secretária da Saúde, Arita Bergmann.

Também presente no ato de assinatura, o reitor da UFRGS, Rui Oppermann, garantiu o apoio incondicional da universidade ao Estado, especialmente neste período delicado.

SECOM RS

Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.