Esperança: a primeira que se manifesta no horizonte

“Digas com quem andas que te direi quem és” o que sugere a vocês esse ditado popular? Para muitos, esse dizer possui um caráter negativo, porque pode fazer referência às influências negativas que alguns indivíduos exercem sobre outros; para outros, porém, pode possuir um caráter positivo, pois, por outro lado, pode indicar as influências positivas e, sinceramente, é bem melhor essa possibilidade vocês não acham? Isso porque de atitudes, ações, palavras e energias negativas e/ou prejudiciais as pessoas estão fartas, ou melhor, nós estamos fartos. Diante disso, para variar, que tal buscarmos mais otimismo e confiança nesse mundo tão cheio de obscuridade e coisas ruins. E que sejamos luz e tenhamos força o suficiente para aguentarmos todas as provações que estamos passando. Por isso, que tal pensarmos que a esperança não é a última que morre, mas a primeira que se manifesta no horizonte, um horizonte repleto de expectativas e perspectivas.

Ana Paula Emmendorfer (Professora de Filosofia e Lógica – Doutora em Filosofia/Unisinos-RS)

Foto: Pixabay

Siga no Facebook: facebook.com/logosreis/

Siga no Intagram: instagram.com/logosreis/

Siga no YouTube: youtube.com/logosreis/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − catorze =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.