Dia Municipal da Doceira é celebrado com cerimônia especial na 28ª Fenadoce

Desde 2018, o dia 06 de junho é reconhecido como o Dia Municipal da Doceira, e a data não poderia passar em branco na 28ª edição da Feira Nacional do Doce. Um cerimonial especial de reconhecimento do trabalho realizado pelas doceiras pelotenses ocorreu com a presença do Deputado Federal, Daniel Trzeciak, idealizador da iniciativa, a Prefeita de Pelotas, Paula Mascarenhas, a Presidente da Associação dos Produtores de Doces de Pelotas, Simone Bica e, ainda, o Conselho Gestor da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Pelotas (CDL).

Para o Conselheiro da CDL, Ênio Ferreira, o momento foi um marco significativo por reconhecer o trabalho das doceiras, que são as protagonistas da Fenadoce junto aos destaques principais: os doces. “Pelotas é a Capital Nacional do Doce graças ao trabalho das doceiras. Muitas possuem trajetórias de 30, 50, 100 anos de dedicação e buscando manter a qualidade dos doces e, agora, com a certificação, ainda mais. A grande diferença do doce de Pelotas para o de outros lugares, com certeza, é o amor que as doceiras colocam em seus produtos”, afirmou Ênio.

Simone Bica, Presidente da Associação das Doceiras de Pelotas, destacou a satisfação de fazer parte do reconhecimento de uma trajetória histórica. “É um orgulho enorme que esse dia tenha sido reconhecido. É um trabalho muito antigo, de mais de 200 anos, e que precisou de todo esse tempo para ser marcado na história. Agradeço em nome de todos nós por estarmos, nesse momento, recebendo as glórias de um trabalho tão longo”, salientou ela.

Dia da Doceira a nível nacional

A presença das autoridades municipais e nacionais da Prefeita Paula Mascarenhas e o Deputado Daniel Trzeckiak promoveram ainda mais emoção àqueles que estiveram presentes na cerimônia. Durante o seu discurso, o Trzeckiak confirmou que já protocolou um novo projeto, desta vez, para reconhecer o dia 06 de junho como o Dia da Doceira a nível nacional.

“Em 2018 tive essa ideia de ter uma data em junho para homenagear a todos que colocam a mão na massa para fazer os nossos doces. Pelotas é a terra do doce, de uma colonização portuguesa, histórica, passada de geração a geração. E por isso, nós temos que preservar essa tradição, essas receitas, que tanto nos orgulham”, destacou o Deputado.

Paula Mascarenhas também destacou o trabalho ímpar das doceiras para a manutenção da cultura de Pelotas. “Se existe a Fenadoce, é porque existem as doceiras. Pelotas possui o patrimônio imaterial pela cultura e tradição doceira, e nós somos muito gratos. Sou uma Prefeita muito honrada e orgulhosa da minha cidade que amo, e vocês são uma das nossas riquezas, e merecem ter esse dia”, concluiu.

As doceiras presentes no cerimonial também receberam um presente especial do Deputado Daniel: uma colher de pau comemorativa do dia 06 de junho, que representou toda a cadeia de produção de doces artesanais, marca registrada de Pelotas.

Assessoria de Comunicação Fenadoce

Foto: Rafael Takaki

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.