Capitania dos Portos do Rio Grande do Sul realiza Operação Verão 2017/2018

Crédito: Flávio Sousa

Com o conceito “Segurança da Navegação: quem valoriza a vida, respeita!”, a Capitania dos Portos do Rio Grande do Sul (CPRS) realiza, desde o dia 18 de dezembro de 2017, a Operação Verão 2017/2018. A CPRS, acompanhada de suas Organizações Militares subordinadas, atua através de ações educativas e de fiscalização, no intuito de minimizar a possibilidade de ocorrências de acidentes náuticos e infrações à Lei de Segurança do Tráfego Aquaviário. A Operação se encerra em 19 de fevereiro.
A fiscalização ocorre por meio da Inspeção Naval, que é uma atividade de cunho administrativo e consiste na verificação do cumprimento da Lei 9.537, de 11 de dezembro de 1997, das normas e regulamentos dela decorrentes, e dos atos e resoluções internacionais ratificados pelo Brasil com o propósito de assegurar a salvaguarda da vida humana no mar; a segurança da navegação, no mar aberto e nas hidrovias interiores; e a prevenção da poluição hídrica por parte de embarcações, plataformas ou suas instalações de apoio.
Para o Capitão dos Portos do Rio Grande do Sul, Capitão de Mar e Guerra Luis Fernando Kraemer Bulsing, o principal objetivo da Operação é a salvaguarda da vida humana no mar. “Com a chegada do verão, aumenta a quantidade de praticantes de esportes náuticos e o emprego de embarcações de esporte e recreio. Por este motivo, torna-se necessário intensificar ainda mais os trabalhos de orientação dos condutores e fiscalização de embarcações”, explicou o Comandante Bulsing informando que a principal causa dos acidentes em embarcações de esporte e recreio é a falha humana.
Durante as ações de fiscalização, são dispostas equipes nos principais pontos focais da jurisdição, locais que concentram atividades de esporte e recreio e banhistas, visando garantir a convivência harmônica entre esses e embarcações.
Ao aliar medidas educativas com ações de fiscalização, a Operação Verão possibilita que as Normas da Autoridade Marítima (NORMAM), que são voltadas à segurança da navegação, sejam mais facilmente compreendidas e assimiladas pelos condutores de embarcações e contribuam, de forma significativa, para a redução de acidentes.
É importante que qualquer tipo de irregularidade ou infração seja comunicado à Capitania dos Portos pelo telefone (53) 3233 – 6119. Além disso, podem ser enviadas fotografias ou filmagens onde apareça o número de inscrição ou o nome da embarcação. Esses materiais podem ser transmitidos para o e-mail cprs.secom@marinha.mil.br. Denunciar é um ato de cidadania que pode salvar uma vida. A sua contribuição é muito importante para o sucesso da Operação. Participe e ajude.

Confira as 15 Recomendações para a Segurança da Navegação

1) Esteja atento e vigilante durante a navegação.

Você é o responsável por tudo que acontece a bordo. O timão está em suas mãos!

2) Navegue a mais de 200 metros de distância da praia, respeite os banhistas.

Lembre-se, seu direito termina quando começa o do outro.

3) Tenha em mãos a sua habilitação e os documentos obrigatórios.

Confira tudo antes de sair e passe o dia tranquilo.

4) Conduza sua embarcação com velocidade segura.

Isso permite a realização de manobras em caso de situação imprevista e evita acidentes.

5) Faça manutenção preventiva na sua embarcação.

Assim como a gente, a embarcação também precisa de cuidados constantes. Cuidem-se!

6) Não consuma bebidas alcoólicas quando for conduzir sua embarcação.

Quando existe respeito, a diversão não tem limites.

7) Conheça bem todos os lugares por onde a embarcação irá navegar.

Não navegue no “escuro”.

8) Conheça a previsão do tempo antes de sair e fique atento às possíveis mudanças.

Com precaução, não existe mau tempo.

9) Previna incêndios em sua embarcação.

Pequenas medidas, como verificar o quadro elétrico e a validade dos extintores de incêndio evitam grandes tragédias.

10) Respeite o limite de pessoas a bordo e garanta a estabilidade da embarcação.

A maioria dos acidentes com vítimas fatais são causados por esse descuido.

11) Informe seu plano de navegação e a lista das pessoas a bordo ao seu iate clube. Leve sempre um equipamento de comunicação.

Navegar é bom, mas mantenha contato com terra firme.

12) Calcule o consumo de combustível para ir e voltar.

Faça o cálculo em três partes: um terço para ir, outro para voltar e um de reserva.

13) Quando ancorado, não movimente a embarcação se tiver alguém por perto na água.

A diversão e a segurança precisam navegar juntas!

14)Tenha coletes salva-vidas para todos a bordo.

Mas não se esqueça de que a prevenção é o seu melhor salva-vidas.

15)Não polua mares, rios e lagoas.

Lugar de lixo é no lixo!

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA CAPITANIA DOS PORTOS DO RIO GRANDE DO SUL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.