A linguagem evolui, resta saber de que modo!

O sistema linguístico é maleável e adaptável as mais diversas situações. Em tempos de guerras códigos criptografados servem para traçarem estratégias de ataque e defesa. Até pouco tempo atrás as pessoas escreviam cartas umas para as outras, crianças escreviam diários para expressarem seus sentimentos, antes dos computadores se utilizava máquinas de escrever, muitos povos locais utilizam dialetos. Ao longo dos anos, a complexidade do fenômeno linguístico ajustado às necessidades e os seus contextos específicos têm transformado a comunicação. Nas redes sociais, os emojis, emoticons e stickers são usados para expressarem emoções, personalizarem, divertirem e simplificarem as conversas de modo que mostra o quanto esses símbolos podem ser versáteis, evoluem e facilitam o diálogo entre as pessoas. No entanto, ultimamente, infelizmente, as redes sociais, devido ao excesso de ódio e bipolaridade manifestados, têm cada vez mais se tornado verdadeiros ringues de lutas onde “salve-se quem puder!”

Ana Paula Emmendorfer (Professora de Filosofia e Lógica – Doutora em Filosofia/Unisinos-RS)

Foto: Pixabay

Siga no Facebook: facebook.com/logosreis/

Siga no Intagram: instagram.com/logosreis/

Siga no YouTube: youtube.com/logosreis/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito + 14 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.