45° Feira do Livro Começa Nesta Quinta-Feira no Balneário Cassino

Com o tema “Histórias de Mulheres”, a 45° Feira do Livro da FURG começa nesta quinta-feira, 25, e vai até o dia 4 de fevereiro na Praça Dídio Duhá, no balneário Cassino, em Rio Grande. A edição deste ano enfatiza, através de sua programação, o protagonismo feminino, especialmente na literatura.

A solenidade de abertura do evento será realizada às 21h do dia 25, com a presença da reitora Cleuza Dias, da patrona, Aimeé Bolaños, demais autoridades e apresentação da Big Band da FURG. Na sexta-feira, 26, destacam-se atividades dedicadas à escritora homenageada. A partir das 21h, no Espaço Literário, haverá apresentação de sua mais recente obra: Oficio de Lectora.

As conversas com o autor e as sessões coletivas de autógrafos ocorrem diariamente, às 21h, no Espaço Literário. No sábado, 27, haverá encontro entre a escritora Maria Carpi e leitores estudantes da escola Wanda Rocha, às 20h, na Arena Cultural. A programação foi divulgada no último dia 16. O horário de funcionamento da feira é das 18h à meia-noite.

45ª Feira do Livro da FURG Anuncia Programação

Estrutura

Mais de 35 pessoas – entre servidores e funcionários de empresas terceirizadas – trabalham na montagem da 45° Feira do Livro da FURG. Oficinas, exposições, saraus, rodas de conversa, espetáculos teatrais e musicais, intervenções artísticas, encontros com o autor e sessões de autógrafos estão marcados para os principais espaços: Arena Cultural, Espaço Literário e Rua das Crianças. Em 2018, a feira terá 25 bancas e mais de 50 títulos serão autografados.

Aimeé Bolaños

Cubana, radicada no Brasil há mais de 20 anos, Aimeé Bolaños é pós-doutora em Literatura Comparada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), atua como professora do Programa de Pós-Graduação em Letras (PPGL) da FURG e como professora adjunta da Universidade de Ottawa, Canadá.

Em seu trabalho, tem enfoque a temática feminina através da poesia contemporânea, da literatura latino-americana, literatura cubana da diáspora e teoria literária. Os trabalhos literários de Aimeé estão em pelo menos 32 livros – entre ficção, antologias, capítulos e prólogos. São obras editadas em Cuba, no Brasil, Canadá, Espanha e Estados Unidos. A produção teórico-crítica da escritora é vasta. Além de artigos publicados em revistas brasileiras, hispano-americanas, canadenses e européias, tem oito livros de ensaios.

Entre as obras publicadas no Brasil, cinco foram feitas pela Editora e Gráfica da FURG (Edgraf): “Vozes negras das Américas: diálogos contemporâneos”, Ficções da história: reescrituras latino-americanas, “Pensar la narrativa”, “El Libro de Maat” e “Oficio de lectora” (2016) – o mais recente, escrito em espanhol e português. Todos estarão disponíveis na banca de livros da FURG.

Assessoria de Comunicação Social da FURG

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.