Secretaria da Saúde Alerta sobre Prevenção a Acidentes com Morcegos e Animais Domésticos

A Secretaria da Saúde da Prefeitura do Rio Grande, através da Vigilância Ambiental em Saúde, recebeu no dia 18 deste mês resultado laboratorial positivo para raiva de um morcego (quiróptero), enviado recentemente para análise.

secretaria da saúde morcego2O animal foi capturado no Bairro Cidade Nova. A Nota Técnica da Secretaria da Saúde pode ser conferida na íntegra no final deste texto.

No município do Rio Grande é realizada constantemente a Vigilância da Raiva, através da Vigilância Ambiental em Saúde, por meio de observação de cães e gatos agressores, coleta e envio de material de animais suspeitos ao Instituto de Pesquisa Veterinárias Desidério Finamor, laboratório de referência para Raiva no Rio Grande do Sul.

Contudo, em razão do resultado positivo identificado, a VAS informa que serão realizadas medidas preconizadas pelo Ministério da Saúde conforme a Norma Técnica nº 19/2012 na área localizada no entorno do local em que foi encontrada a amostra positiva, seguindo o Guia de Vigilância Epidemiológica do Ministério.

Desse modo, serão intensificados a coleta de amostras suspeitas na região da Cidade Nova, a vigilância através da observação de animais com sintomatologia clínica e comportamental, características de raiva, e encaminhado material informativo aos Médicos Veterinários do município para esclarecimentos e orientações sobre a Vigilância da Raiva.

A VAS recomenda que os moradores desta região consultem as carteiras de vacinação de seus animais domésticos, a fim de providenciar a atualização das mesmas.

Em caso de mordedura ou arranhadura por cães, gatos ou morcegos as recomendações são as seguintes

– Lavar imediatamente o ferimento com água e sabão;

– Procurar com urgência a unidade de saúde mais próxima;

– Não sacrificar o animal, pois o mesmo deverá ser observado durante o período de 10 dias para que seja identificado qualquer sintoma de raiva;

– Dar água e comida ao animal normalmente em local seguro para que não possa fugir e atacar outras pessoas ou animais;

– Informar imediatamente a Unidade de Saúde se o animal adoecer, morrer, desaparecer ou mudar de comportamento;

– Nunca interromper o tratamento preventivo sem orientações médicas;

– Sempre que encontrar um morcego vivo ou morto, não tentar pegá-lo e sim entrar imediatamente em contato com a Vigilância Ambiental em Saúde do município – SMS.

Para que não ocorram agressões com animais deve-se evitar

– Tocar em animais estranhos, feridos ou doentes;

– Perturbar animais quando estiverem comendo, bebendo ou dormindo;

– Separar animal que esteja brigando;

– Passear com animais de grande porte ou de raças ferozes onde houver aglomeração de pessoas;

-Procurar um Médico Veterinário sempre que necessário vacinar e ou medicar o animal de estimação.

Em caso de dúvidas a Vigilância Ambiental em Saúde está disponível através do e-mail vigiambsaude@riogrande.rs.gov.br, ou no telefone (53) 3233-7289 de segunda a sexta-feira.

Nota Técnica_Imprensa

Assessoria de Comunicação/PMRG         

Com Informações da SMS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis + dezessete =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.