Santa Casa promove Dia D de conscientização e incentivo a doação de órgãos

Com o intuito de transmitir informações, responder dúvidas e desmistificar o assunto “Doação de órgãos”, na tarde desta terça-feira, 15, o Complexo Hospitalar Santa Casa do Rio Grande, por meio da Organização de Procura de Órgãos (OPO 5), Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes (CIHDOTT) e setor de Comunicação, realizaram um dia D de conscientização e incentivo a causa.

Todos os setores do Hospital Geral, receberam a visita do ilustre mascote da Aliança Brasileira pela Doação de Órgãos e Tecidos (ADOTE), o Vili. Na ocasião, foi feita a distribuição de panfletos, momentos de reflexão e fotos com colaboradores declarados doadores.

A atividade fez parte do calendário da campanha do Setembro Verde, voltada ao incentivo a doação de órgãos, aderida pelo Complexo. Durante o noite, também ocorreu uma palestra online, tratando sobre a temática.

“Infelizmente, devido a pandemia, este ano, as ações do Setembro Verde estão sendo um pouco limitadas, mas, dentro das possibilidades, buscamos deixar em evidência este assunto tão importante e nobre. Com apenas um sim, até oito (8) pessoas podem ser salvas com transplante de órgãos. Atualmente temos uma lista de espera crescente e de alguma forma poder contribuir para a reflexão e sensibilização para conquista de novos doadores, é primordial”, comenta a administração/direção técnica/direção.

Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (CIHDOTT)

A CIHDOTT, atuante na Santa Casa do Rio Grande desde 2001, é a comissão responsável por notificar todos os casos de suspeita de morte encefálica (conforme resolução 1480/97) e manter contato permanente com a Central de Transplantes.

Tem como objetivos auxiliar na organização e viabilização do processo de captação e identificar potenciais doadores. Além disso, oferecer suporte aos familiares de pacientes em morte encefálica e sensibilizar a comunidade e profissionais da saúde sobre a importância da temática.

Organização de Procura de Órgãos (OPO)

A OPO é um órgão executivo da Comissão Nacional de Transplantes de Órgãos e Tecidos que tem seu propósito na identificação, manutenção e captação de potenciais doadores, bem como divulgar a política de transplantes, manter uma interação permanente com as áreas potenciais de doação e equipes de transplantes.

Assim como a CIHDOTT, busca conscientizar a todos sobre importância de se reconhecer doador. Desde 2011, o hospital sedia a OPO 5, referência para os municípios de Rio Grande, Pelotas, Canguçu e Bagé, funcionando ininterruptamente na atuação do Enfermeiro de Plantão, através da Busca Ativa em Unidades de Tratamento Intensivo (UTI).

Construa um novo amanhã para quem necessita, diga sim a doação de órgãos, diga sim a vida. Se for seu desejo, não esqueça, avise sua família!

Assessoria de Comunicação Complexo Hospitalar Santa Casa do Rio Grande

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 + 1 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.