Santa Casa do Rio Grande é referência em armazenamento e distribuição de “cloroquina/hidroxicloroquina” para hospitais

O Complexo Hospitalar Santa Casa do Rio Grande foi indicado pela Secretaria Estadual da Saúde (SES RS) como referência em armazenamento e distribuição da medicação “cloroquina/hidroxicloroquina”, utilizada como terapia adjuvante no tratamento dos casos mais graves e críticos de COVID-19.

A Santa Casa foi escolhida por preencher os critérios básicos elencados pela secretaria, desta forma, fará a gestão dos medicamentos, que serão utilizados em pacientes hospitalizados, e a distribuição para hospitais cadastrados no sistema da secretaria, na região Sul.

Na última quarta-feira, 08, a farmácia do hospital recebeu 50 caixas do medicamento (500 comprimidos), suficiente para tratar até 27 pacientes portadores do vírus. O tratamento será ministrado por profissionais da saúde de acordo com o protocolo estabelecido pelo Ministério da Saúde.

“Nosso complexo hospitalar, visto como referência em várias áreas de alta e média complexidade na região Sul, não medirá esforços para desempenhar o melhor papel no combate ao COVID-19. Como solicitado pela Secretaria Estadual, faremos o controle e distribuição da hidroxicloroquina para os hospitais, conforme os protocolos estabelecidos, bem como atuar em suas estruturas de UTIs equipadas com ventiladores, monitores e enfermerias. Temos orgulho de estarmos em uma instituição com mais de 185 anos que nos deixou legados como na gripe espanhola, há mais de 100 anos, e lutaremos para igualmente orgulhar gerações futuras”, destacou o diretor técnico, Dr. Evandro Augusto Oss (CRM24523) .

A secretaria destaca que diversos estudos estão sendo desenvolvidos para um tratamento mais eficaz contra o vírus e que a presente medida pode ser modificada conforme novas evidências científicas.

Até o momento, o hospital possui mais de 100 leitos para atendimento de pacientes com COVID-19 e 34 respiradores, sendo três portáteis para locomoção.

Assessoria de Comunicação – Santa Casa do Rio Grande

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.