Safra do Camarão em Rio Grande estará oficialmente aberta no dia 1º de fevereiro

Vai estar liberada, a partir do dia 1º de fevereiro a pesca de camarão no estuário da Lagoa da Patos. Por precaução ao estado de pandemia pela Covid-19, a Prefeitura do Rio Grande não realizará a tradicional solenidade que acontece todos os anos para marcar a abertura oficial da safra. Contudo, a pesca estará declarada oficialmente aberta às 0h da segunda-feira, 01/02, e segue permitida até o dia 31 de maio, conforme Instrução Normativa do Ministério do Meio Ambiente.

De acordo com o secretário da Pesca de Rio Grande, Bercílio Osvaldo Luiz da Silva, a expectativa é por uma boa safra de camarão este ano. “Já houve salinização nas águas da Lagoa o suficiente para um bom crescimento do camarão, então estamos prevendo uma boa safra. Nós esperamos que nossos pescadores possam ter uma boa pescaria e que com as vendas possam conseguir reorganizar os orçamentos das suas famílias”, destacou. Ele também aproveitou para desejar boa saúde a todos os pescadores rio-grandinos.

Ainda de acordo com Bercílio, a média de preços para a venda do camarão limpo em Rio Grande está estimada entre R$ 30,00 e R$ 40,00, o quilo. Na sua avaliação um preço satisfatório, se comparado ao valor atual da carne no mercado.

Cadastro para o comércio ambulante na Orla da Henrique Pancada

A Secretaria de Município da Pesca (SMP) informou que estão abertas a partir desta quarta-feira, 20/01, o cadastro para inscrições para a venda do camarão pelos pescadores que desejarem comercializá-lo, como ambulantes, na Orla da Henrique Pancada. Os pescadores devem comunicar à Secretaria o local em que desejam vender, preencher os dados junto à Prefeitura e, a seguir, retirar Alvará na Vigilância Sanitária e na Secretaria da Fazenda.

As inscrições estão abertas até o dia 29/01 e devem ser realizadas na sede da SMP (Rua Marechal Floriano, nº 458, Centro. Fone (53) 3233-8411/ 3233-6062/ Horário das 12h30 às 18h30), mediante apresentação dos seguintes documentos e requisitos: ter mais de 18 anos, ser residente e domiciliado em Rio Grande, apresentar Identidade, CPF e comprovante de residência (original e cópia), além de assinar Termo de Referência fornecido pela Secretaria.

Pesca artesanal em Rio Grande

De acordo com último levantamento realizado pela Secretaria da Pesca no início do ano passado, em Rio Grande eram cerca de 3 mil famílias envolvidas na cadeia da pesca artesanal no município.

Assessoria de Comunicação PMRG

Foto: Marcos Jatahy

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 − um =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.