Rio Grande recebe autorização da Fepam para revitalização da Avenida Beira Mar no Cassino

Obra qualifica o Cassino, oferecendo mais estrutura para a comunidade e para os veranistas

O prefeito municipal do Rio Grande, Fábio Branco, anunciou nessa quarta-feira (24) que o município recebeu autorização da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) para a execução da obra de revitalização da avenida Beira Mar no Cassino. A execução da obra será dividida em três etapas. Com a licença da Fepam já é possível iniciar o processo licitatório previsto para dezembro.

“Esta é uma obra fundamental para o crescimento de Rio Grande, mas, sobretudo, do nosso Cassino. A revitalização da avenida Beira Mar é um sonho antigo, que agora começa a se concretizar”, disse o prefeito, agradecendo o trabalho de todos envolvidos.

O projeto que estrutura a Beira Mar foi reformulado por meio do trabalho conjunto entre as secretarias do Cassino (SMC) e do Meio Ambiente (SMMA) e ficou pronto antes mesmo do anúncio da emenda parlamentar do deputado Daniel Trzeciak, que ocorreu em junho deste ano, no valor total de R$800 mil. Segundo o titular da SMC, Sandro Oliveira (Boka), a construção da revitalização esteve baseada no diálogo e alinhamento com o Conselho Municipal do Meio Ambiente e o Núcleo de Educação e Monitoramento Ambiental (NEMA). “Antes de protocolar o pedido de licença ambiental na Fepam nós conversamos, tivemos reuniões e apresentamos o projeto ao NEMA e ao Conselho, recebendo o apoio de ambos”, disse.

A proposta de revitalização da Beira Mar foi pensada como forma de melhorar a estrutura para utilização do espaço no Cassino, conservando o cordão de dunas. A estruturação prevê ciclovia, modernização da iluminação e passarelas de acesso à praia. Embora a avenida compreenda toda a extensão entre o Riacho e Arroio das Bases, no início da Querência, Boka explica que a primeira etapa da obra será executada entre as ruas Rio de Janeiro e Júlio de Castilhos, incluindo uma passarela nas proximidades da rua São Paulo.

Conforme o secretário, após a conclusão da obra no trecho inicial, a ideia é que seja feito o monitoramento e a avaliação tanto à receptividade da comunidade quanto do comportamento do meio ambiente. “Com base nessas avaliações é que saberemos como dar andamento nas etapas dois e três”, disse.

A revitalização busca qualificar ainda mais o balneário como potencial turístico e de lazer. Para o titular da SMCA, “essa é uma obra que vai mudar a cara do Cassino e será um grande diferencial de estrutura para oferecer aos rio-grandinos e aos turistas”.

→ Apresentação Projeto Avenida Beira Mar

Assessoria de Comunicação Social – Prefeitura Municipal do Rio Grande

Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.