Quase um mês sem energia, moradora aguarda por instalação da CEEE

Karollen Mendes é moradora da Ilha dos Marinheiros e enfrenta dificuldades sem energia elétrica em sua residência. Segundo relata, fez o pedido de instalação de energia para a CEEE Equatorial em 02 de setembro. Cinco dias após e sem retorno da companhia ela entrou em contato por telefone e lhe foi informado que o pedido havia sido feito para o e-mail errado. Dessa forma, fez a solicitação de instalação de energia para o novo e-mail e a empresa retornou com o boleto de pagamento de taxa de R$ 15,65 que deveria ser realizado até 10 de setembro. Conforme explica Karollen o pagamento foi efetuado dentro do prazo.

Entretanto, até o momento ela ainda não obteve a instalação de energia elétrica em sua residência. De acordo com Karollen, na segunda ligação buscando saber o motivo da demora no serviço, a companhia informou que a equipe não havia encontrado o número da residência para proceder com o trabalho. Por essa razão, a moradora fez uma placa indicativa com o número da casa em frente ao local. Mesmo assim, em mais dois atendimentos via telefone, ela conta que a CEEE Equatorial segue justificando que não encontra a residência.

Mãe de dois filhos, com idades de 8 anos e 5 anos, ela ainda está sem água, porque o abastecimento ocorre através de bombas elétricas. “Eu conto com a ajuda dos vizinhos até para dar um copo de água para meus filhos. Eles estão me tratando como um nada”, desabafa.

Com um papel e todos os protocolos de atendimento anotados ela pede

Desesperada em busca de solução, recorreu a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) que retornou com o prazo até dia 30 de setembro para a CEEE Equatorial executar o serviço de instalação de energia elétrica em sua residência.

Entramos em contato com a CEEE Equatorial que, para nos responder, solicitou o detalhamento da situação por e-mail e o prazo de resposta na manhã de quarta (29).

Assim que obtivermos novas informações atualizaremos a matéria.

Jornalista Thuanny Cappellari/RIO GRANDE TEM

Foto: Karollen Mendes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.