Projeto Costurando Esperança entrega 10 mil máscaras à comunidade riograndina

Em continuidade às ações, na manhã deste sábado haverá a troca gratuita de um quilo de alimento não perecível por duas máscaras às pessoas que forem até a unidade Cassino do Supermercado Guanabara

O Projeto Costurando Esperança, desenvolvido por meio de uma parceria entre a Yara Brasil e o Rotary Club Rio Grande, distribuirá gratuitamente neste mês de julho 10 mil máscaras caseiras de proteção facial à população em situação de vulnerabilidade social na cidade do Rio Grande (RS). A iniciativa também vai gerar renda extra para 20 artesãs locais.

Além de doar as máscaras para aqueles que não possuem condições de adquiri-las, o projeto pretende informar a  comunidade da importância do uso correto deste EPI (Equipamento de Proteção Individual),ajudar a mitigar os efeitos da pandemia na cidade e contribuir com a economia local, pois privilegia a compra dos materiais de comerciantes da região. “Nós, da Yara, sempre estivemos atentos ao que a cidade precisa apoiando vários projetos de responsabilidade social e, neste momento difícil, não seria diferente. Queremos incentivar a união e a mobilização das pessoas para vencermos essa pandemia. Cada um precisa fazer a sua parte, pois todas são importantes”, explica Lucas Elizalde, gerente do Complexo Industrial da Yara em Rio Grande.

O orgulho de participar desta ação é destaque na fala da presidente do Rotary Club Rio Grande, Maria de Fátima Koch. “O trabalho da instituição rotária é sempre pensar no bem da comunidade, por isso o nosso lema dar de si antes de pensar em si”, comentou Koch. Ela destacou que o repasse das máscaras, costuradas com tanto carinho pelas artesãs da cidade, beneficiará os mais necessitados, sem condições financeiras.

Além do Rotary Club Rio Grande apoiam o Projeto, o Rotaract de Rio Grande São Pedro, Rotary Club Rio Grande Cassino, Rotary Club Rio Grande Litoral e a Casa da Amizade.

Troque um alimento por duas máscaras

Além da doação das máscaras, neste sábado (18), das 9h às 12h, rotarianos estarão no Supermercado Guanabara, localizado no bairro Cassino, trocando um quilo de alimento não perecível por duas máscaras, em uma ação também apoiada pela Yara. Os alimentos arrecadados serão repassados, no mesmo dia, ao Lar Maria Carmem, Asylo do Rio Grande e à Casa do Menor.

A rotariana Dulce Antonacci também ressalta a importância Projeto Costurando Esperança: “Com certeza esse trabalho foi um dos maiores desafios que enfrentei como rotariana, mas, com o apoio dos meus companheiros, acredito que alcançaremos nosso objetivo, neste tempo tão triste de pandemia, sempre elevando o lema do Rotary Internacional  de fazendo o bem, sem olhar a quem”, destaca.

Importância das costureiras

As artesãs locais foram fundamentais para a concretização com êxito da primeira etapa do Projeto Costurando Esperança, a confecção das máscaras. Durante 30 dias, as profissionais trabalharam muito para finalizarem seus trabalhos.

A costureira Rute Munhoz relatou que esse projeto é de suma relevância para a comunidade, que receberá máscaras de proteção durante a pandemia. “Essa oportunidade aumenta nossa renda, fortalece nossos vínculos e coloca nosso trabalho à disposição da comunidade para ajudar a todos”, afirma.

Assessoria de Comunicação Yara Brasil

Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.