Programação da 47ª Feira do Livro destaca acessibilidade e inclusão

Iniciada no último dia 9, a montagem da estrutura na Praça Dídio Duhá está na reta final

Depois de duas edições focadas na adaptação arquitetônica e física do evento, a pauta dos direitos da pessoa com deficiência e altas habilidades ganha centralidade na 47ª Feira do Livro. Mapa tátil, aplicativos de acessibilidade e estacionamento prioritário são algumas das novidades que se somam às inovações estruturais aprovadas pelo público nos anos anteriores. O formato já consolidado das rodas de conversa, para ações de caráter educativo, de trocas de experiências e relatos de vivências, ocupa ainda mais espaço no conjunto de atividades da feira em 2020. A programação completa foi divulgada pela Pró-reitoria de Extensão e Cultura (Proexc) nesta quinta-feira, 16 e pode ser acessada no final desta matéria.

Com temas e estruturas que privilegiaram pautas ligadas a direitos humanos, as últimas edições da feira do livro têm aprofundado discussões de políticas públicas. A 47ª Feira do Livro da FURG tem o tema Acessibilidade e Inclusão: vidas, (re)existências e histórias. “A gente quis coroar essas transformações da feira com o tema”, diz Daniel Prado, pró-reitor de Extensão e Cultura e coordenador geral da feira. “Vamos ter oito rodas de conversa que se articulam com essa questão, com discussões, por exemplo, sobre o mundo do trabalho, as salas de recurso nas escolas estaduais e municipais, os núcleos de inclusão na educação básica no município do Rio Grande, pessoa com deficiência e desporto, arte e cultura; são diversas atividades que pautam experiências interessantes”, destaca Daniel. O assunto aproxima da universidade instituições especializadas, como a Escola Municipal Bilíngue Carmen Regina Teixeira Baldino, a Escola de Educação Especial José Alvares de Azevedo, a Escola Municipal de Educação Especial Maria Lucia Luzzardi, entre outras.

Desde o dia 9, a equipe de montagem supervisionada pela Pró-reitoria de Infraestrutura da FURG (Proinfra) trabalha para erguer a estrutura da feira na Praça Dídio Duhá, no Cassino. O projeto prevê um espaço completamente acessível e qualificado em relação à edição passada, com a inserção de rampas, tablado, piso podotátil e, ao redor, vagas de estacionamento exclusivas para pessoas com deficiência, garantidas com a cooperação entre universidade, Secretaria de Município do Cassino e Secretaria de Município de Mobilidade, Acessibilidade e Segurança. Inovações de 2019, a banca da agricultura familiar de produtos orgânicos e o food truck serão mantidos no espaço da gastronomia. O mapa tátil em construção pelo Instituto de Matemática, Estatística e Física (Imef) deve ser instalado nos próximos dias. A concepção do aplicativo da Feira do Livro é do Centro de Ciências Computacionais (C3). Além dos já conhecidos Espaço Literário, Rua das Crianças e Arena Cultural, um novo espaço passa a compor a Feira do Livro: o Espaço Plural, onde devem ocorrer oficinas e rodas de conversa.

Atendendo ao pedido dos livreiros da avaliação do último evento, a programação ganhou um dia extra em 2020. De 29 de janeiro a 9 de fevereiro, serão onze dias de feira (exceto dia 1º de fevereiro), com 25 bancas de livros; sessões de autógrafos coletivas e individuais que somam mais de 70 autografantes; oito rodas de conversa; espetáculos musicais, teatrais e de dança; oficinas para públicos diversos; contação de histórias; exposições; concursos literários; entre outras atividades culturais.

A noite de quinta-feira, 30, é dedicada à patrona, Daniela Delias, poeta autora dos livros Boneca russa em casa de silêncios, Nunca estivemos em ítaca, e o lançamento Alice e os dias, e professora do curso de Psicologia da FURG. Hique Gomez, com Palestra Musicada e o lançamento da obra Para além da Sbórnia é destaque na Arena Cultural na sexta, 31. A feira terá atração literária internacional, com a vinda do escritor e tradutor espanhol Alejandro Palomas, que participa do evento com três atividades: a oficina de escrita criativa “El miedo, la escritura…”, sessão de autógrafos e conversa com autores e autoras, também no dia 31, e o Papo Literário, no domingo, 2, atividade em comemoração aos 25 anos do curso de Espanhol da FURG. A oficina de escrita criativa tem inscrições prévias, que devem ser feitas pelo sinsc até 31 de janeiro.

→ Programação 47ª Feira do Livro da FURG

Assessoria de Comunicação Social da FURG

Foto: Reprodução Proinfra

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.