Prefeitura do Rio Grande implanta barreira sanitária educativa

A Avenida Roberto Socoowski no município do Rio Grande recebeu, nesta quarta-feira (22), a primeira barreira sanitária educativa decorrente da pandemia do novo coronavírus. Constituída pela Prefeitura, por meio de duas secretarias de governo – Mobilidade, Acessibilidade e Segurança (SMMAS) e Saúde (SMS) -, a barreira tem caráter educativo, será itinerante, pois vai ser instalada em outros locais da cidade, durante a pandemia.

De acordo com levantamento divulgado, na noite desta quarta-feira, pela coordenação da ação, foram abordados 381 veículos e 556 pessoas receberam orientação e tiveram a temperatura verificada pelas equipes da Vigilância Sanitária.

A definição dos locais estratégicos para a instalação da barreira baseia-se em orientações da Vigilância Sanitária, que identifica pontos de controle para onde ela é deslocada, a fim de realizar o trabalho educativo. O secretário da SMMAS, Carlos Alberto Brusch Terres, que coordena essa força tarefa, esclareceu que a Avenida Roberto Socoowski é uma saída da cidade e para lá as equipes da Guarda Municipal e os agentes de Trânsito foram deslocadas junto com os fiscais sanitários, de acordo com indicação da SMS. “Como não podemos atuar na BR 116, nem na RS sem o consentimento do DAER e da ANTT, optamos por fazer numa via de entrada da cidade, seguindo orientação da SMS. Nos próximos dias, devemos estar trocando de local”, antecipou Brusch.

Ações na barreira

O secretário Maicon Lemos esclareceu que “esse trabalho é intersetorial, pois envolve a Saúde e a Segurança, no intuito de desenvolver uma barreira educativa para a prevenção da Covid-19”. Na barreira, os fiscais sanitários verificaram o controle de temperatura da população, orientaram sobre a Covid-19, principalmente, para que as pessoas adotem as orientações de higiene e de distanciamento social, conforme normas da Organização Mundial de Saúde – OMS. O secretário da Saúde reforça que a barreira é preventiva e, diariamente, as equipes que a compõem farão o trabalho de monitoramento das pessoas que circulam pelas principais vias da cidade.

Por ser itinerante, a barreira vai estar presente em outros regiões estratégicas do município, para controle e saída de pessoas. A barreira é composta por servidores da Secretaria da Saúde, fiscais sanitários ligados à Vigilância Sanitária e, também, equipes da SMMAS – Guarda Municipal e agentes do setor de Trânsito. “O objetivo maior é promover a educação sobre as medidas de enfrentamento à Covid-19”, insiste o secretário Maicon Lemos.

ANTT

Na noite desta quarta-feira, o secretário Brusch Terres informou que, além da barreira formada pela Prefeitura do Rio Grande, nesta quinta-feira (23), a Vigilância Sanitária vai atuar com a ANTT, na balança da BR 392, das 9h às 11h30min e das 14h às 16h30min. O trabalho será de prevenção e educativo aos motoristas.

Assessoria de Comunicação PMRG

Foto: Divulgação PMRG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 + cinco =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.