O Amor Errado Mais Certo do Mundo

Sessão de autógrafos do livro “O amor errado mais certo do mundo¨”

Daniela Altmayer bate um papo com leitores e autografa o livro O amor errado mais certo do mundo no próximo dia 3 de fevereiro, às 21h, no Espaço Literário da 45ª Feira do Livro da FURG. Lançado em dezembro de 2017, O amor errado mais certo do mundo é o livro de estreia da escritora. Uma linguagem ágil e temas ligados ao íntimo feminino perpassam as 41 crônicas reunidas e apresentam um universo criativo em sintonia com o cotidiano contemporâneo.

Sobre a Autora

Daniela Altmayer é médica, apaixonada por livros, colecionadora de histórias. Começou a escrever em um blog e tem participado de oficinas de escrita criativa em Porto Alegre, cidade onde mora desde 2013. Teve um miniconto premiado com o segundo lugar em um concurso nacional naquele mesmo ano. Seu tema preferido (e onipresente) é o amor. Talvez, porque como ela mesma diz: “escrever é só um jeito de tentar entender”.

→ 45ª Feira do Livro

Sobre o Livro, por Pedro Gonzaga

Os textos da Daniela desde sempre me agradaram por uma virtude que os leitores percebem já nas primeiras linhas: sua prosa é ágil, pontuada com nervosismo, mas não porque tenha pressa, necessariamente. É seu ritmo. Leia a crônica “Simples assim” e tenho certeza de que me farei entender.

Meu palpite é que esta velocidade sincopada tem a ver com duas coisas, que ora concorrem, ora competem para compor seu estilo: a velocidade do mundo contemporâneo, as paradas necessárias do ser que precisa sentir em meio a esse turbilhão. O tempo é curto, mas é preciso reter seu fluxo para considerar os acontecimentos. Isto se nota desde a abertura do livro, na história daquela famigerada máquina de lavar louça, que serve como uma metáfora para o vazio de uma relação consumida pelo cotidiano.

Quanto aos temas, encontramos em O amor errado mais certo do mundo o repertório comum às cronistas contemporâneas, em especial o universo íntimo feminino, que ao longo dos séculos esteve restrito a pouquíssimas obras, e que agora vem desfrutando de uma justa reparação. Aqui também a autora consegue escapar das armadilhas do confessionalismo. Por mais particulares que possam ser algumas abordagens, nunca se tem a impressão de sermos apenas espectadores de uma viagem ególatra. E eu arriscaria dizer que disso se origina o principal trunfo da Daniela: suas crônicas e contos têm sempre uma dose a mais de humanidade, que é essa ponte que lançamos em direção ao outro.

O amor errado mais certo do mundo está à venda no site da Concha (www.conchaeditora.com.br).

Acesse a Programação da Feira

Evento Concha Editora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.