Não é só uma lingerie – Mulheres que investem

A palavra desejo tem inúmeros significados, é vontade, anseio, querer, aspiração entre outras palavras. Para o Psicanalista Lacan, o desejo é a mola do amor. E assim, tomadas por múltiplos desejos, quatro mulheres, a mãe Fátima Maria Oliveira Carvalho Bohns, de 57 anos junto das filhas Meri Helen Carvalho Barbosa, 39 anos, Fernanda Carvalho Bohns de 33 anos e Gabriela Carvalho Bonhs de 22 anos, criaram a loja Desejo de Mulher.

É como nos conta a Gabriela, que está a frente do empreendimento. Ela explica que tudo começou em outubro de 2020, quando as irmãs pretendiam comprar lingerie e não encontravam ao seu gosto ou numeração. Foi aí que observaram que essa não era uma dificuldade exclusiva a elas. Com a pandemia, Gabriela, que estava concluindo o curso de direito, ficou desempregada e as irmãs lançaram a sugestão de comercializar lingeries. Ela aceitou o desafio.

Empreender na pandemia

Os produtos são divulgados através das redes sociais e vendidos dessa forma ou em visitas agendadas. No início, era a mãe que produzia artesanalmente cada embalagem. Hoje, elas já contam com um fornecedor.

Gabriela conta que a mãe é muito parceira, ajuda na organização dos itens da loja e nas venda. A irmã, Fernanda, faz as entregas e trabalho administrativo . E a irmã Meri realiza as visitas domiciliares. Juntas, elas se complementam, em família e equipe.

Foi tudo aos poucos, porque no início não tinham muito estoque e recursos para investir, mas em menos de um ano, durante a pandemia, já conquistaram o seu espaço no comércio local.

Em março de 2021 decidiram trazer um novo visual à marca, de acolhimento e empoderamento das mulheres, porque desejo não se define em apenas uma palavra.

A partir de uma sensibilidade única e repleta de empatia, Gabriela conversa, leva palavras de incentivo, resgata a autoestima do público feminino e com tudo isso, elas descobriram que vendem não só uma lingerie. Cada detalhe e cliente é importante. Os produtos são entregues perfumados com um aroma único, e com uma mensagem pensada para aquela mulher. Gabriela entendeu a dimensão deste carinho a partir do retorno de uma cliente.

“Nada é mais forte do que uma mulher que se reconstruiu” a frase sensibilizou a cliente que emocionada disse o quanto aquela frase significava naquele momento, havia passado por um relacionamento abusivo e estava realmente se reconstruindo.

Além de atuar na venda de lingeries, Gabriela está focada em estudar para concursos. A irmã Meri é Orientadora Educacional, Fernanda, Fisioterapeuta e a mãe, dedicou-se após a morte do pai das meninas a criá-las, sozinha. Ter todas as filhas graduadas e também empreendedoras lhe deixa repleta de orgulho.

Como as frutas não caem longe do pé, dona Fátima, é empreendedora nata, depiladora há anos. Devido aos desafios apresentados durante a pandemia, precisou sair do salão em que trabalhava no centro da cidade. Atualmente, oferece os serviços em sua residência. Além disso, é boleira. Elas contam que para fora, começou a vender há dois meses, mas sempre fez bolos para a casa e família.

Peças cuidadosamente escolhidas

Como a rotina das irmãs é mais atribulada, quem cuida desde a escolha das peças até a comunicação com as clientes, é a Gabriela. Ela diz que se preocupa com tudo: “ Eu gosto de ver a qualidade da peça e o conforto, além da beleza. Não adianta ter uma lingerie com renda que após dois usos, fica feia, e nós pensamos em tudo, para ter uma lingerie bonita, de qualidade e com preços acessíveis”.

Preço é uma preocupação da jovem empreendedora, porque percebe o quanto as pessoas têm vivenciado momentos delicados durante a pandemia e entende que oferecer uma peça que caiba dentro do orçamento das mulheres é essencial.

Condições especiais foram pensadas para atender orçamentos dentro da realidade. Por isso, a partir de R$ 100,00 as compras podem ser parceladas sem juros no cartão de crédito.

Elas trabalham com produtos da numeração P ao 54, sempre buscando opções para todas as mulheres. Possuem conjuntos de lingeries básicas, sexys, confortáveis em todos os estilos, incluindo os modelos Plus Size.

Pijamas e Acessórios

Além de lingeries, a loja Desejo de Mulher oferece pijamas e eventualmente acessórios. Os pijamas possuem uma sofisticação única. Um dos modelos, com blusa e casaco, Gabriela conta que agradou tanto que clientes de todas as idades passaram a enviar fotos com a vestimenta que podem inclusive ser vistas na página. Esse termômetro de satisfação é que as incentiva.

Sobre ser muito mais que uma loja de lingerie a empresária explica:

A gente busca levar autoestima, realçando a beleza de cada mulher, trazendo o empoderamento feminino, porque nós somos maravilhosas. O sentimento é de gratidão, nunca imaginávamos que conseguiríamos durante a pandemia virar empreendedoras.

Ficou com vontade de conhecer as lingeries, pijamas e um pouco mais sobre da loja Desejo de Mulher?

É só acessar as redes sociais:

→ facebook.com/desejodemulher.rg

→ instagram.com/loja_desejodemulher/

WhatsApp: (53) 99132-2828

Jornalista Thuanny Cappellari/RIO GRANDE TEM

Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.