Moradores do bairro Castelo Branco estão há 54 horas sem energia elétrica

Após o temporal que atingiu fortemente a metade Sul do Rio Grande do Sul, a comunidade do Rio Grande ainda sofre as consequências do prejuízos provocados. A cidade, teve ventos de 99km/h na manhã de quarta-feira (08). E segundo a CEEE Equatorial, cerca de 111 mil clientes da companhia ficaram sem energia elétrica. Somente na Região Sul, uma das mais prejudicadas, foram 39 mil residências sem abastecimento.

Na noite desta quinta-feira (10), os moradores do bairro Castelo Branco, rua H e J, depois de mais de 30 horas sem energia elétrica manifestaram-se colocando fogo na rua para chamar a atenção das autoridades. A manifestação iniciou às 20h e ocorreu até aproximadamente 22h. A Guarda Municipal esteve presente durante o protesto e segundo a moradora, Josene Lopes, apenas fecharam a rua e orientaram os motoristas a seguir por outros caminhos pela segurança de todos.

No entanto, mesmo após toda indignação, até o momento, depois de 54 horas, a energia ainda não voltou.  Sem retorno ou expectativa da CEEE Equatorial, os moradores reclamam pela situação.

Josene explica que estão desanimados: “Estamos tomando banho gelado, e se alguém tinha muita comida na geladeira, já perdeu ou pediu para guardar em outro lugar. E não há explicação para esse descaso da CEEE, não é o primeiro e nem vai ser o último temporal que a cidade e o bairro atravessa, e nunca tinha demorado tanto pra voltar a luz. Não tem desculpa, é um descaso mesmo. A conta já chegou , acabei de pagar, mas o atendimento, nós temos que esperar”.

A moradora destacou que a última tentativa por uma resposta da concessionária foi na quinta-feira, e que recebeu uma resposta de previsão de reestabelecimento da energia após uma hora, que nunca foi concretizado.

Furto de Fios e falta de Segurança

Outra preocupação da vizinhança é em relação as tentativas de furto de fios. Os moradores relatam que foi possível escutar uma tentativa de levar os fios. Já estavam sem luz e com a rua silenciosa foi possível ouvir a movimentação. Como as ruas e residências estão sem iluminação adequada, deixa os moradores ainda mais apreensivos. Além de não poder contar com recursos de energia, a comunidade sente-se sem a segurança necessária para conviver em suas casas.

A CEEE Equatorial, informou que com o trabalho das equipes, a situação de falta de energia na sua área de concessão está considerada normalizada, restando somente pontos isolados e áreas rurais.

Na quinta-feira (09), noticiamos moradores dos bairros Parque Guanabara, Parque São Pedro e Centro que ainda estavam sem energia elétrica em suas residências.

Moradores do Parque Guanabara, Parque São Pedro e Centro estão há mais 27 horas sem energia elétrica

Jornalista Thuanny Cappellari/RIO GRANDE TEM

Foto: Josene Lopes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.