Mais de 100 novos profissionais da saúde irão reforçar o acompanhamento de pacientes com confirmação ou suspeita de Covid-19 em Rio Grande

A Prefeitura do Rio Grande, por meio da Secretaria de Saúde, informa que alguns dos mais de 100 profissionais que estão sendo contratados para o enfrentamento da Covid-19 já começaram a se apresentar aos seus postos de trabalho. Para os cargos de enfermeiro, técnico de enfermagem e fiscal sanitário, já havia um processo seletivo simplificado, e esses profissionais já foram chamados conforme a ordem de classificação nos editais. Para os cargos de farmacêutico e odontólogo não existia nenhum processo de seleção em andamento, então foi publicado novo edital para a entrega de currículos. Todas as informações estão disponíveis no site da Prefeitura:  (http://www.riogrande.rs.gov.br/concursos/) 

Ao todo, serão contratados de forma emergencial 28 enfermeiros, 4 farmacêuticos, 4 odontólogos, 69 técnicos de enfermagem e 5 vigilantes sanitários. De acordo com a Lei Nº 8.517/2020, os contratos serão mantidos pelo prazo determinado de 180 (cento e oitenta) dias, a contar da data em que forem assinados, sendo antecedidos de Processo Seletivo Simplificado, podendo ser prorrogados uma vez por período igual, ou seja, por mais 180 dias. 

Como irão atuar

Com o aumento no quadro técnico, a SMS irá intensificar o monitoramento do Coronavírus em nosso município. Conforme explica o secretário da pasta, Maicon Lemos, esses profissionais irão reforçar as unidades de saúde do município e as equipes de visitações em domicílio, para monitoramento presencial de pacientes ativos ou com suspeita de Covid-19 que estão em isolamento domiciliar

Com a ampliação, Maicon destaca que as unidades básicas de saúde poderão fortalecer as ações de acompanhamento dos casos nos seus territórios de cobertura nos bairros. A proposta é que as novas equipes atuem justamente nas áreas com maior número de casos da doença, tendo como referência as informações do Boletim Epidemiológico da Vigilância em Saúde, onde estão demonstradas as regiões com mais intercorrências. “Estamos trabalhando no sentido de ampliar o monitoramento presencial, através dessas equipes que estão chegando. O objetivo é fazer um acompanhamento da população, um trabalho ampliado de reconhecimento do comportamento da Covid-19 em Rio Grande”, afirmou.

Além de dialogar a respeito dos sintomas de cada paciente, as equipes também farão aferição de temperatura e de oximetria, que mede os níveis de oxigênio do sangue. “Isso é para que a gente possa acompanhar se esse paciente está com baixa oxigenação, o que já implica em algumas condutas médicas”, frisou o secretário.  

Esse trabalho também conta com o apoio da central TeleCovid-19 (0800 642 4650), onde a comunidade pode se informar sobre a doença e que dispõe de atendimento para casos suspeitos ou confirmados, com orientações médicas, acompanhamento da evolução de sintomas e informações sobre os locais para atendimento presencial. Quando necessário, as equipes de saúde são acionadas para o atendimento, considerando a situação particular de cada caso. 

Para pessoas em isolamento domiciliar (aqueles que tiveram confirmação da doença, mas não apresentam gravidade de sintomas ou pacientes considerados como suspeitos para Covid-19), Lemos salienta a importância de manter o distanciamento, sem deslocamentos, além do monitoramento dos sintomas. “Se a pessoa tiver alguma situação, notar que algum sintoma está se agravando, precisa buscar imediatamente o atendimento, usando máscara. Deve procurar o posto de saúde ou centro de triagem mais próximo, ou ainda o centro de triagem e testagem da UPA Junção”, disse. 

Assessoria de Comunicação PMRG

Foto: Pixabay

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − catorze =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.