FURG e Polícia Civil inauguram exposição “Por trás daquele rosto”

A exposição “Por trás daquele rosto” foi inaugurada na última sexta-feira, 2, no Partage Shopping Rio Grande. Através da parceria entre a Faculdade de Direito (Fadir) da FURG e a Polícia Civil, a mostra fotográfica enfoca narrativas de mulheres com intuito de prevenir casos de violência doméstica.

Histórias de 18 mulheres ficarão expostas no shopping durante o Março Lilás – que marca a reflexão sobre o papel e a importância da mulher na sociedade. De acordo com o professor da Fadir, Eduardo Pitrez, a ideia do projeto surge com a proposta de enfatizar histórias de luta, independência e empoderamento femininos.

“Queremos mostrar mulheres que não são vítimas de violência doméstica, que carregam experiências de vida cheias de autonomia, com a expectativa de que essas histórias sejam replicadas.  Uma reflexão baseada na experiência da arte. Histórias de mulheres reais, não glamourizadas”, disse.

Além da titular da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de Rio Grande (Deam), Ligia Furlanetto, mais quatro agentes participaram da criação do projeto. “É realidade identificar os principais fatores que mantêm relações conflitivas. Além de vítimas, as mulheres não se sentem com poder interior que impulsiona o término com o parceiro. Por isso, identificamos mulheres que são exemplos de luta, de batalha, para mostrar que a liberdade é o maior poder que nós temos. As mulheres retratadas são livres”, enfatizou.

Entre as histórias apresentadas está a da enfermeira Elaine Miranda Pinheiro. Ela atua há 27 anos no Hospital Universitário da FURG. A partir do trabalho de assistência, do amor à profissão, conheceu faces da violência contra a mulher. “Quem vive a violência, a opressão da violência, não pode ser saudável. São mulheres que, ainda muito jovens, perdem a saúde pelas consequências da falta de visão da igualdade. Todos somos seres humanos”, relatou.

A reitora Cleuza Maria Sobral Dias parabenizou o resultado da exposição “Por trás daquele rosto” e ressaltou os esforços da FURG para a busca da igualdade de gênero. “O movimento “He for She”, criado pela ONU Mulheres, é um exemplo do nosso engajamento. É de extrema importância a sensibilidade dos homens, no sentido de diminuir as violências vividas pelas mulheres e de reconhecimento do papel das mulheres na sociedade. Essa exposição traz um diferencial por mostrar a solidariedade, o trabalho humanizado que coloca a Polícia Civil no lugar que é seu por direito, de cuidar das pessoas, para além das obrigações do dia a dia”, concluiu.

Também participaram do evento o chefe de Polícia Civil do Rio Grande do Sul, Emerson Wendt; o diretor do Departamento de Polícia do Interior, delegado Fernando Antônio Sodré de Oliveira; o delegado titular da 7° Delegacia de Polícia Regional, delegado Elione Lopes e a gerente de Marketing do Partage Shopping Rio Grande, Michelle Rossettini.

Núcleo de mediação

Na manhã de sexta-feira, 2, a reitora Cleuza Maria Sobral Dias participou da inauguração dos núcleos do Projeto Mediar da Deam e da 3ª Delegacia de Polícia de Rio Grande. O projeto visa consolidar o uso da mediação na esfera policial, para os crimes de menor potencial ofensivo. Os núcleos inaugurados contarão com duas mediadoras capacitadas.

Fotos: Daniel Corrêa

Assessoria de Comunicação Social da FURG

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.