Executivo Municipal apresenta balanço das ações de enfrentamento ao Coronavírus

Na manhã desta quinta-feira, 09, por meio de videoconferência com representantes da imprensa rio-grandina, o prefeito Alexandre Lindenmeyer realizou um balanço de prestação de contas a respeito das ações em desenvolvimento no município para o enfrentamento ao Coronavírus. Na oportunidade, Lindenmeyer elencou inúmeras iniciativas e serviços elaborados para minimizar os impactos do COVID-19 em nosso município e proteger a saúde de nossa comunidade. O prefeito também antecipou que, na próxima segunda-feira (13), deverá anunciar novas medidas por meio de decreto municipal.  

Em seu pronunciamento, o prefeito voltou a salientar a importância da manutenção das restrições, como o distanciamento social, e demais protocolos de higienização recomendados pelos órgãos de saúde. “Reforçamos a importância de que as pessoas enxerguem o afastamento social como uma necessidade. Embora nós saibamos que algumas atividades seguem sendo realizadas, elas devem ser executadas com orientação e máximo cuidado para que haja higienização, seguindo recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), do Ministério da Saúde (MS), da Secretaria de Saúde (SMS) e da Vigilância Epidemiológica”, afirmou. O gestor acrescentou que, a partir da avaliação do Comitê Técnico de Apoio ao Enfrentamento ao Coronavírus, a recomendação é de que, em caso de necessidade de sair de suas casas, a comunidade faça uso de máscaras caseiras, como instrumento extra de proteção, aliado às demais medidas de higiene e afastamento.  

Alexandre enfatizou que as medidas aplicadas pela administração municipal foram elaboradas no sentido de incentivar a conscientização da comunidade a respeito dos cuidados que são necessários para evitar a proliferação do vírus. “Até o momento, nós temos procurado trabalhar com ações de convencimento. O que queremos é que as pessoas entendam que elas são parte da solução deste grande problema, e isso significa ter consciência de que a permanência em casa e o afastamento social são fundamentais neste momento. E, que em caso de saída, sejam adotados todos os cuidados higienização”, declarou.  

Primeiramente, o chefe do Executivo Municipal apresentou atualização dos números do Covid-19 em Rio Grande. Até o momento são 52 casos notificados: 43 descartados, 7 em análise e 2 confirmados. A respeito do tema, Alexandre frisou que, com a mudança nos critérios para a testagens, que define a investigação apenas de casos graves que necessitem de internação hospitalar, se tornou ainda mais difícil manter um acompanhamento à doença de forma condizente com a realidade. Então, neste cenário, a Prefeitura está adquirindo testes rápidos. Ao mesmo tempo, a FURG, com parceria e o apoio de empresas e também da Prefeitura, tem a perspectiva de que já no mês de maio seja possível fabricar esses testes aqui também. Considerando os da Furg, estima-se que possamos ter em torno de 12 mil testes. Então isso vai permitir que possamos enxergar esse inimigo invisível de forma mais clara”, disse. 

 Em seguida, iniciou detalhamento do Plano de Enfrentamento ao Covid– 19 no município de Rio Grande, destacando a ampliação da Estratégia da Saúde da Família (ESF) no Município. A unidade Materno Infantil, localizada no bairro Miguel de Castro Moreira, já está com a ESF em funcionamento e serão chamados, de forma emergencial, outros 3 agentes comunitários de saúde para o trabalho. A expectativa é de que, na próxima semana, também ocorra a ampliação na unidade BGV2.  

Veja abaixo uma relação de outras medidas elaboradas pela administração municipal e entidades parceiras.  

  • Implantação de salas de triagem para Covid-19 nas Unidades Básicas de Saúde da Família, assim como nas demais unidades; 
  • Contratação emergencial de profissionais (28 técnicos de enfermagem, 17 enfermeiros, 17 agentes de combate a endemias, 6 médicos, 5 fiscais sanitários, 1 biólogo, 1 engenheiro químico, 1 engenheiro agrônomo); 
  • Plantão de vigilância epidemiológica de domingo a domingo, das 8h às 20h; 
  • Plantão de coleta para COVID-19 de domingo a domingo, das 08h às 23h; 
  • Vacinação H1N1:  foram vacinados 70% dos profissionais da saúde e 60% da população de idosos (28 mil doses aplicadas); 
  • Serviço de teleorientação médica, em parceria com a Furg (ainda em implantação);  
  • Tenda de triagem junto a emergência da Santa Casa de Rio Grande; 
  • Tenda de informações junto ao Hospital de Cardiologia; 
  • Unidade de monitoramento na BR-392; 
  • Estruturação da UPA Junção para enfrentamento ao COVID-19; 
  • Definição de 160 leitos de retaguarda para tratamento da doença; 
  • Outros 40 leitos de retaguarda em hospital de campanha junto a UPA Junção (em fase de contratação). 
SMCAS e a Operação Acolhimento 

Uma ação conjunta entre a Prefeitura do Rio Grande, ONGs, grupos voluntários, instituições religiosas e as Forças Armadas preparou, no Centro de Eventos, uma estrutura para atender pessoas em situação de rua. O local conta com dormitórios, 50 beliches com jogo de cama completo, refeitório, áreas de lazer com televisores e mesa de ping-pong, armário individual guarda-volumes, banheiros e cabines de banho quente. 

Veja mais detalhes sobre a operação: 

  • Acolhimento com espaço para higiene, orientações sobre métodos de prevenção, garantia de alimentação e acolhimento noturno; 
  • Atendimento do Consultório na Rua disponibilizado no local; 
  • Equipe técnica da Assistência Social e do Projeto Conexões, com permanência no local; 
  • Apoio de equipes de voluntários; 
  • Trabalho de organização, formação, prevenção, cultura e entretenimento no local; 
  • Número de acolhidos: 100 pessoas;  
  • Cafés da manhã e tarde: 200 por dia, disponibilizados com auxílio do Centro Pop, Assoran e Comitê da Cidadania; 
  • Almoço de segunda à sexta-feira: 100 por dia no Restaurante Popular;  
  • Jantas: 120 por dia, disponibilizadas através de grupos de voluntários; 
  • 440 refeições ofertadas nos finais de semana por meio de restaurantes parceiros; 
  • Higienização do local, manutenção e apoio logístico da Secretaria de Controle e Serviços Urbanos e Defesa Civil.  

A Secretaria também realiza monitoramento das instituições de Acolhimento Residencial, com visitas que seguem os protocolos da Anvisa para a prevenção do COVID-19. Veja os números registrados até o momento:  

  • 450 idosos atendidos em Instituições de Longa Permanência para Idosos; 
  • 150 residentes atendidos em comunidades terapêuticas; 
  • 73 atendimentos em Instituições de Acolhimento de Criança e Adolescentes (52 em instituições não governamentais e 21 em governamentais) 
  • 4 atendimentos em residência inclusiva.
Defesa Civil
  • Criação do Cadastro de Voluntários da Área da Saúde, que são recebidos pela Defesa Civil, registrados e repassados à equipe técnica da SMS para organização das escalas; 
  • Entrega de cestas básicas junto a SMCAS; 
  • Armazenamento, organização e cadastramento de produtos de higiene doados no Centro de Eventos (com registro de entradas e saídas);  
  • Auxílio na arrecadação realizada nos supermercados; 
  • Atendimento em Plantão 24h, pelo 199, com encaminhamento de demandas conforme urgência; 
  • Higienização com frequência da sede da Defesa Civil; 
  • Contato com as empresas vinculadas ao Plano de Auxílio Mútuo (Refinaria, Ecovix e Iara), para doação de EPIs (luvas, máscaras, macacões Tyvek); 
  • Aquisição de EPIs para proteção de voluntários, servidores da Defesa civil e das demais Secretarias que necessitam (já está em andamento uma segunda compra); 
  • Informações sonoras por meio de moto e carro de som, com mensagens de orientação e prevenção; 
  • De forma voluntária, com combustível doado, carro de mídia com mensagem de orientação e prevenção no Cassino, com previsão de estender a ação para Querência, Stella Maris e Barra; 
  • Monitoramento de questões climáticas;
Secretaria de Controle e Serviços Urbanos
  • Higienização da cidade em pontos de aglomeração (32 pontos da cidade); 
  • Manutenção do recolhimento do resíduo domiciliar e seletivo; 
  • Cuidado com a iluminação pública; 
  • Fornecimento de servidores para o abrigo e para a distribuição de cestas básicas no apoio a Defesa Civil. 
Recursos do Legislativo e Judiciário

Alexandre também apresentou uma prestação de contas a respeito dos valores recebidos pelo município a serem utilizados no enfrentamento ao Coronavírus. Neste sentido, o prefeito explicou que a Câmara Municipal destinou 500 mil reais ao Executivo, referentes ao duodécimo, utilizados para a compra de equipamentos. O gestor também esclareceu sobre o incentivo de 1,5 milhão de reais fornecido pelo poder Judiciário Trabalhista, que foram aplicados da seguinte forma:  

  • 200 mil reais na compra de 1,5 mil testes rápidos; 
  • Cerca de 295 mil reais para a compra de 3 mil máscaras, 5 mil visores de proteção e 2 mil litros de álcool gel;  
  • 850 mil reais destinados para aquisição de 21 monitores multiparâmetros; 
  • 154 mil reais em medicamentos para tratamento de intercorrências respiratórias. 

Assessoria de Comunicação PMRG

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.