Estância do Cheff – O aconchego do sabor e cultura gaúcha

Inaugurado em 10 de março de 2014, o Restaurante Estância do Cheff teve a iniciativa de três  amigos que buscavam oferecer uma refeição de qualidade, farta e com uma identidade fundamentalmente gaúcha. A tradição gaudéria é estampada na logomarca do estabelecimento que possui a porteira aberta para receber os clientes e três janelas que simbolizam o número de sócios desde o princípio. Atualmente, o restaurante está sob o comando de Vinícius Godinho, e os demais parceiros, realizam outros projetos.

Ao longo dos anos, o Estância do Cheff tornou-se queridinho dos rio-grandinos.  Localizado no bairro Cidade Nova, a poucos metros do centro da cidade, estacionamento facilitado, ambiente familiar e cardápio versátil, fazem, do Estância do Cheff, uma pausa confortável para o almoço do dia a dia. O restaurante é rústico e possui desde a fachada a pintura da cultura gaúcha trazendo referências do chimarrão, costelão e vestimenta típica. A capacidade do ambiente é de 120 pessoas e foi reduzida durante a pandemia.

Mais que uma prazerosa refeição, é a tranquilidade de pratos que atendem ao paladar da família toda. Adultos ou crianças frequentam, prestigiam e encontram no restaurante o almoço regado de atenção e cuidado com cada cliente.

Buffet

Inquietos por não encontrar um local com variedade em buffet, carnes e sobremesas em Rio Grande, é que decidiram abrir o restaurante proporcionando tudo isso. O Estância do Cheff possui vários cortes de carnes na chapa, frutos do mar, pratos quentes, saladas e sobremesas à vontade no buffet livre. Há ainda a opção por quilo e à la carte.

Marmitas

Observando a realidade local e atendendo a necessidade do público, o Estância do Cheff começou a servir marmitas para o dia a dia, incluindo opção fitness com carboidrato integral, legumes, saladas, grelhados e ainda, toda a variedade de à la minutas.

O proprietário explica que desde o princípio se preocuparam em ter embalagem com divisórias e o feijão servido separadamente. “Contando com uma alternativa acessível, mantendo a qualidade e opções para todos os gostos e bolsos, como é o nosso objetivo”, destaca Vinícius.

Desafios da Pandemia

Em razão das restrições diante do novo cenário, o restaurante Estância do Cheff trouxe mais uma inovação, os Kits. Para não deixar os clientes sem a prazerosa alternativa de refeição completa, pensando em agradá-los e satisfazendo a família toda, os Kits do Estância foram incluídos ao cardápio no início da pandemia e estão disponíveis na tele-entrega ou à la carte.

Possui também uma versão menor, em Mini Kit. Nas duas opções o cliente pode escolher dois tipos de carnes, frango ou frutos do mar, massa ao molho vermelho ou alho e óleo, e ainda acompanham todos os complementos, arroz, batatas fritas, polenta frita, saladas e sobremesa cortesia. O Kit completo serve de 6 até 8 pessoas e o Mini Kit 3 pessoas. Tudo é planejado com fartura. O valor varia de acordo com as carnes ou frutos do mar escolhidos e todos estão disponíveis para entrega ou consumo no local.

Atualmente, devido aos novos protocolos, as sobremesas são servidas em embalagens individuais com no mínimo 5 opções, no buffet são pelo menos, 14 pratos quentes, 10 saladas, 5 carnes na chapa (carnes de rês, frango, porco, coração e linguiça), fondue de queijo e cebola.

Mocotó

Nas temperaturas amenas, a pedida é um delicioso mocotó. Servido no restaurante ou pela tele-entrega. O prato ou a marmita do mocotó do Estância do Cheff ficam por R$ 15,00.

Ficou com vontade de conhecer?

O Estância do Cheff fica na rua General Abeu, 31 – Cidade Nova.

O atendimento é de segunda à sábado, das 11h15 às 14h.

Todo o cardápio está disponível pela tele-entrega (53) 3201-0131.

→ facebook.com/estanciadocheff

→ instagram.com/estanciadocheff/

Jornalista Thuanny Cappellari/RIO GRANDE TEM

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + 16 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.