Dezenas de pinguins aparecem mortos na beira da Praia do Cassino

A comunidade que frequenta a Praia do Cassino em Rio Grande, tem observado dezenas de pinguins mortos na beira da praia. A circunstância provou alerta e preocupação aos moradores e turistas.

Segundo os relatos, há pessoas que notaram até cinquenta pinguins mortos.
Outra moradora diz que ao passar por apenas duas guaritas da praia foi possível identificar nove pinguins mortos.

Buscamos entender junto a equipe do Centro de Recuperação de Animais Marinhos (CRAM) as razões desta situação.

Quem nos explica é a Oceanológa do CRAM, Paula Canabarro.

“O inverno é o período de ocorrência do pinguim-de-magalhães nas águas do sul do Brasil, e é comum nestes meses o encalhe de pinguins mortos na nossa região. Principalmente indivíduos juvenis que estão realizando a viagem de migração pela primeira vez, alguns se perdem do grupo, tem dificuldades de encontrar alimento e não tem sucesso na viagem.”

A biológica diz que os pinguins provavelmente já encalham mortos na beira da praia.

O CRAM realiza o monitoramento deste e outros fenômenos da natureza.

Se notar algum fato atípico dos animais marinhos que você entenda necessitar de acompanhamento dos pesquisadores, o número do CRAM é (53) 99924-4396.

Jornalista Thuanny Cappellari/RIO GRANDE TEM

Foto: Julieta Amaral

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.