Defesa Civil vai debater atualização do Plano de Contingências para 2019

O vice-prefeito de Rio Grande, Paulo Renato Mattos Gomes anunciou, nesta segunda-feira (11), que vai ser convocada uma reunião do Conselho Municipal de Defesa Civil (COMPDEC), até o final deste mês, para atualização do Plano de Contingência e planos de emergência do município. Acrescentou que, “nesta reunião, vamos estar reforçando nosso plano de ações para 2019”.

O secretário-executivo da Defesa Civil, Anderson Montiel explica que, a cada ano, esse Plano de Contingências deve ser revisado, a fim de saber com quais materiais (incluindo humanos) e equipamentos vão poder contar. “Poderemos ter mais ou menos equipamentos, mais ou menos máquinas e outros materiais. Esse é um dos principais objetivos da atualização do Plano, saber como e com que vamos poder trabalhar.”

Várias propostas do Conselho para 2019 já estão elaboradas. Uma delas, defendida por Paulo Renato, coordenador do COMPDEC, é que Rio Grande seja sede do workshop “Capacitação de Gestores Municipais de Defesa Civil”, atividade promovida, anualmente, pela Defesa Civil Estadual (Capacitar). O pedido para o município de Rio Grande sediar o evento já foi encaminhado ao governo gaúcho pel Prefeitura Municipal.

Paulo Renato adiantou que, na proposta geral do Conselho, consta a elaboração de uma cartilha para servir de material educativo nas escolas. A proposta é levar à rede municipal de ensino a missão da Defesa Civil, além de orientar alunos e professores no atendimento em primeiros-socorros.

A realização do II Seminário de Proteção e Defesa Civil, a aquisição de novos equipamentos de proteção individual (EPI’s), com objetivo de dar continuidade às medidas que visam a oferecer mais segurança aos servidores e voluntários que atuam junto ao Conselho, estão entre as propostas do COMPDEC para esse ano. Paulo Renato frisa que já está buscando parceiros para atender outra proposta do Conselho, ou seja, a injeção de recursos no Fundo Municipal de Defesa Civil. De acordo com o vice-prefeito, um desses parceiros é o empresariado local, “fundamental para dar condições de desenvolvimento de ações e projetos, bem como para a compra de novas equipamentos”.

Aquisições

Em 2018, houve avanços em relação a aquisição de EPI’s e outros equipamentos. Dados fornecidos pela coordenadoria da Defesa Civil confirmam a melhoria nas condições de trabalho dos membros do Conselho, bem como de seus voluntários. Foram adquiridos cinco (5) kits para incêndio florestal (capacete, luva, bota, calça, blusão, máscaras e respiradores com refis); 20 kits de capas de chuvas e botas; dois sopradores; uma motosserra, dois pulverizadores manuais, uma vassoura/rastilho; uma enxada; uma pá de bico; 200 telhas; 24 rolos de lona; e mais 20 kits de capas de chuva e botas (doação da Refinaria Rio-grandense). No total, foram investidos R$ 42 mil do orçamento municipal na compra desses materiais e equipamentos.

Campanha diminui incêndios na Ilha dos Marinheiros

Iniciada em dezembro do ano passado pela Defesa Civil de Rio Grande, numa parceria com o 3º Batalhão de Bombeiros Militares, a campanha “A Ilha é forte, mas não é a prova de fogo” foi comemorada por todos. Com a distribuição de panfletos e folders, instalação de placas e visitas nas cerca de 500 residências da Ilha dos Marinheiros, “os resultados da campanha foram altamente positivos”, avalia o coordenador da Defesa Civil.

Nos últimos anos, as festas de Natal e Ano Novo foram marcadas por grandes incêndios naquela localidade. Os números de sinistros foram reduzidos em consequência da forte campanha realizada pela Prefeitura, por meio da Defesa Civil e secretarias municipais, Corpo de Bombeiros e voluntários dos Núcleos de Proteção e Defesa Civil (NUPDEC’s). “Passamos de 9 ocorrências na temporada de veraneio de 2017/2018, para apenas uma neste Verão”, destaca Paulo Renato.

Curso em Santa Maria

No último final de semana e durante três dias, voluntários da Defesa Civil de Rio Grande estiveram no município de Santa Maria. Eles participaram de um curso com o objetivo de aprimorar os conhecimentos e práticas no atendimento de eventos com traumas. Isto é, mobilização com situações que envolvem lesões com trauma e que demandam atenção imediata.

Assessoria de Comunicação PMRG

Foto: Marcos Jatahy

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete + 20 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.