Comunidades terapêuticas de Rio Grande disponibilizarão vagas para o público feminino

A partir de agora o município de Rio Grande passará a oferecer vagas femininas em comunidades terapêuticas

Atualmente as instituições da cidade atendem apenas o público masculino, em razão da falta de oferta de vagas no SUS para mulheres na região. No estado – comparado ao número de casas que atendem homens – são poucas as casas que assistem mulheres.

O prefeito Alexandre Lindenmeyer e o secretário de Saúde Maicon Lemos recepcionaram na Prefeitura nesta manhã (8) a vereadora Andréa Westphal (Tia Déia), que trouxe ao Executivo Municipal a solicitação de vagas femininas em instituições da cidade.

As comunidades terapêuticas são organizações não governamentais, financiadas em parte pelo poder público. As casas oferecem gratuitamente acolhimento para pessoas com transtornos decorrentes do uso, abuso ou dependência de drogas. Durante o tratamento os residentes recebem acompanhamento de uma Rede de Atenção Psicossocial e demais serviços de Saúde.

A Secretaria de Município de Saúde (SMS) acolheu a demanda e já colocou em curso o processo para o chamamento de possíveis instituições interessadas em acolher o público feminino em seus serviços. Para o credenciamento serão exigidos critérios como o pleno e regular funcionamento da instituição e atenção às normas preconizadas pela Secretaria Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas (Senad).

“Poder encaminhar esta demanda numa data como esta, o 8 de março, dia em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, tem um significado ainda maior para nós. Esperamos que este trabalho seja muito exitoso e que seja mais uma alternativa para a recuperação de mulheres com problemas com drogas na nossa cidade”, enfatizou o prefeito Lindenmeyer.

Também participaram da reunião a Coordenadoria de Políticas Públicas Sobre Drogas de Rio Grande, a Coordenadoria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres, a Secretaria de Município de Mobilidade, Acessibilidade e Segurança e o Gabinete de Programas e Projetos Especiais da Prefeitura.

Assessoria de Comunicação/PMRG

Foto: Divulgação/PMRG

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.