Centro de Triagem e Centro de Informações à Covid-19 operam em Rio Grande

Já estão em funcionamento o Centro de Informações à Covid-19 e o Centro de Triagem anunciados pelo município. O primeiro (exclusivamente para informações) localizado junto ao Hospital de Cardiologia da Santa Casa e o segundo anexo ao Pronto-Socorro da unidade. As operações iniciaram no sábado e no domingo, dentro de uma proposta piloto, que visou a análise diagnóstica da implantação dos respectivos serviços prestados por técnicos de enfermagem, enfermeiros e médicos, em sua grande parte voluntariado. Na segunda e nesta terça-feira (31) as equipes também permanecem nos locais, realizando atendimento ao público das 8h às 23h. Devem procurar pelo atendimento no Centro

de Triagem aquelas pessoas que apresentarem quadros gripais. Ao chegar ao local a população deve observar as normas de segurança sanitárias estabelecidas, entre elas o distanciamento de 2 metros entre uma pessoa e outra.

O modelo implantado para o atendimento de saúde no Centro de Triagem é o Fast Track. Nele o paciente é acolhido e avaliado conforme protocolo de inclusão para casos suspeitos de COVID -19 ao fazer a ficha na triagem. É examinado e, conforme protocolo, é encaminhado para uma ala de isolamento com proteção individual para transmissão de aerossóis, onde uma equipe de saúde auxilia evitando que o paciente circule pelas demais instalações do ambiente. Após a classificação do paciente o atendimento médico é realizado com direcionamento para medicação, realização de exames, ou, com alta, precedida de orientações ao paciente.

Os pacientes que não se enquadram nos casos suspeitos de Covid-19 recebem orientações e encaminhamentos. É importante ressaltar que nos casos de emergência, o paciente não é atendido pelo modelo Fast Track, e segue diretamente para a sala de emergência com o devido isolamento de segurança hospitalar.

No intervalo do sábado até esta tarde a procura por atendimento nos centros ainda está sendo baixa. Patrícia Echevengua, enfermeira da SAMU e apoiadora técnica que trabalha junto à estruturação dos espaços, apresentou o levantamento do atendimento realizado neste período inicial: “No sábado foram realizados 6 atendimentos para síndrome gripal, além o atendimento de 2 intercorrências respiratórias que foram encaminhadas para emergência para atendimento clínico. No domingo foram realizados mais 4 atendimentos para síndrome gripal e na segunda-feira outros 5”, informou a profissional de saúde.

A elaboração dos Centros é uma parceria desenvolvida pela Prefeitura do Rio Grande, por intermédio da Secretaria de Município da Saúde, Marinha do Brasil, o Exército Brasileiro, a Defesa Civil, a Secretaria de e Voluntariado.

Assessoria de Comunicação PMRG

Foto: Divulgação PMRG

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.