Cartões SUS que não iniciam com número “7” devem ser atualizados na SMS

A Prefeitura do Rio Grande, por meio da Secretaria de Saúde(SMS), informa a comunidade rio-grandina a respeito da necessidade de atualização para o novo Cartão do Sistema Único de Saúde (SUS). Todos aqueles que possuem o cartão SUS com numeração que não inicie com o dígito “7”, devem procurar a secretaria de Saúde para a regularização e confecção do novo cartão, que tem validade em todo território nacional. A secretaria está localizada na rua Marechal Floriano, nº5, e disponível para o atendimento de segunda a sexta-feira, no período das 8h às 14h. Para a atualização é necessário apresentar certidão de nascimento, RG, CPF e comprovante de residência.

Maicon Lemos, secretário de Saúde, esclareceu que o novo cartão atualizado já é necessário para todo atendimento através do SUS, e que os antigos, que não começam com o número “7”, já não são válidos. “Assim como ocorre nos convênios, o cartão contém o cadastro do usuário que utiliza o Sistema Único de Saúde. Qualquer procedimento que apessoa queira fazer, seja internação, cirurgia, exame de sangue ou imagem, seja uma consulta com o médico, todos necessitam do cartão do SUS. Claro que em situações de urgência e emergência, a pessoa vai ser atendida e depois se procura essa informação. Mas orientamos que todos procurem a secretaria para providenciar o novo cartão, caso o número não inicie com o dígito 7”, destacou.

Ainda segundo o secretário, a atualização do cartão SUS está inserida em contexto federal relacionado ao financiamento da política nacional de atenção básica e informatização dos dados. “Se a pessoa não apresentar o novo cartão atualizado, o governo federal não mais fará o pagamento do atendimento realizado pelo SUS. Isso é fruto dessa nova política nacional de financiamento da atenção básica, onde é pré-requisito a informatização do SUS. Então as unidades de saúde do país inteiro estão se reorganizando para poder cadastrar todos os usuários do SUS em cada município”, explicou.

Crédito: Divulgação

Assessoria de Comunicação PMRG

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.