Brasil suspende importação de carne de porco da Alemanha

País europeu identificou contaminação de animal com peste suína

O Ministério da Agricultura suspendeu, nesta segunda-feira (14), a importação de carne de porco in natura ou pouco processada da Alemanha, após a confirmação de um caso de peste suína africana em um javali morto.

No comunicado ao país europeu, o governo brasileiro solicita informações detalhadas às autoridades sanitárias sobre as medidas de biossegurança adotadas pelas plantas industriais alemãs. O ministério não informou por quanto tempo valerá a suspensão. A Alemanha é o maior produtor de proteína animal da Europa.

A contaminação foi confirmada na última quinta-feira (10) pelo governo alemão, que encontrou a peste suína africana em um javali morto nas proximidades da fronteira com a Polônia. Uma área de 15 quilômetros quadrados, onde o animal foi encontrado, foi colocada em quarentena.

Além do Brasil, outros países como China e Coreia do Sul também suspenderam temporariamente a importação de carne suína da Alemanha.

Dados do governo federal indicam que o Brasil importou 1,8 mil toneladas da proteína suína alemã, de janeiro a agosto deste ano. De acordo com a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), os principais produtos adquiridos do país europeu são tripas de porco in natura e congeladas.

Agência Brasil

Foto: Pixabay

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × quatro =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.