As várias faces do Amor

Amar é empatia, é solidariedade, é compreensão, é perdoar, é aceitar os defeitos, é ressaltar as qualidades, mas também é chamar atenção quando necessário, por isso também é não calar diante de uma injustiça. As faces do amor são múltiplas, há o amor materno, paterno, fraterno, familiar, de amizade, romântico, etc e cada uma dessas faces tem os seus encantos. E não há uma maneira certa ou errada para amar, há o sentimento, puro e simplesmente. Diante disso, não podemos manchar essa sensação, essa emoção tão sublime com picuinhas e/ou preconceitos. Temos, sim, que nos unir cada dia mais porque não somos nada sozinhos (as). E por mais clichê que seja: realmente, só o amor constrói.

Ana Paula Emmendorfer (Professora de Filosofia e Lógica – Doutora em Filosofia/Unisinos-RS)

Foto: Pixabay

Siga no Facebook: facebook.com/logosreis/

Siga no Intagram: instagram.com/logosreis/

Siga no YouTube: youtube.com/logosreis/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − 2 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.