Arte Marinha chegará a Rio Grande com a apresentação do trabalho de Alexandre Huber e apoio do NEMA

A ação também será uma forma de a ONG homenagear o Cassino pelos 130 anos do nosso Balneário e marcar o início das comemorações dos 35 anos da instituição

O Núcleo de Educação e Monitoramento Ambiental (NEMA) firmou uma parceria com o artista plástico e educador ambiental Alexandre Huber que realizará ações artísticas nos 24 e 25 de janeiro, na sede do NEMA. As atividades incluem a pintura de um mural e a realização de uma oficina direcionada ao público infantil.

A pintura do mural será realizada na sexta-feira (24) e irá expor espécies marinhas que ocorrem na região. Já no sábado (25), será realizada uma oficina de pintura gratuita e aberta a comunidade, das 10h às 12h, na sede do NEMA, localizada na Rua Maria Araújo, 450. As vagas são limitadas e direcionadas a crianças de 6 a 12 anos que poderão levar suas obras realizadas junto ao artista Alexandre Huber para casa. Inscrições para a atividade poderão ser realizadas por meio do (53) 3236-2420, em horário administrativo, até a sexta-feira (24).

De acordo com o colaborador do NEMA, Werner Spotorno “O Nema tradicionalmente e há mais de 30 anos, oferece ao público de veraneio do Cassino as suas ‘Oficinas de Verão’, nas quais promovemos a conservação e preservação ambiental através de oficinas de educação ambiental, artes, atividades psicofísicas e afins. Quando nos deparamos com o magnífico trabalho do Alexandre, vislumbramos a possibilidade de uma parceria e convidamos ele para realizar atividades neste verão de 2020, disponibilizando às crianças do nosso balneário uma oficina de arte e realizando a pintura de um mural para embelezar a entrada da nossa sede. É uma oportunidade que não poderíamos deixar passar, ainda mais levando em conta que nesse ano de 2020 o Cassino está completando seus 130 anos e merece a nossa homenagem. O mural, que com certeza ficará lindíssimo, é um singelo presente do Nema e do artista a essa praia sem fim de que tanto gostamos e cuidamos.”

Segundo com o artista plástico, Alexandre Huber “Sou parceiro de dezenas de ONG’s que preservam praticamente todas as espécies de animais marinhos pelo país, atualmente já fiz mais de 60 murais em grandes formatos e centenas de oficinas de arte com crianças, toda ação tem o seu toque especial, todo lugar tem seu encanto e todas as pessoas que trabalham em defesa de um mesmo ideal, a afinidade é imediata. No futuro pretendo fazer 100 murais em todos os estados do país (faltam poucos) e iniciar ações internacionais, espalhando minha arte de forma voluntária a fim de conquistar os futuros Guardiões da Vida Marinha, as crianças!”

NEMA 35 anos

O NEMA é uma Organização Não Governamental (ONG), sem fins lucrativos, localizada no balneário Cassino que desenvolve projetos continuados em prol da conservação e gestão costeira e marinha, há cerca de 35 anos, dentre os quais destacam-se os projetos Dunas Costeiras, Mamíferos Marinhos, Tartarugas Marinhas, APA da Lagoa Verde, Taim e Ondas que te quero Mar, todos desenvolvidos por equipes multidisciplinares compostas por profissionais de diversas áreas do conhecimento.

Entrevista ping pong com o artista
  • Que ação tu realizará com o NEMA?

Trabalho com o objetivo de passar, principalmente, para as crianças, conhecimento sobre as espécies marinhas através da arte, sendo oficinas de pintura em telas ou grandes murais, no Nema não será diferente, faremos oficina de arte com a criançada e pintaremos alguns Leões Marinhos em tamanho real na base de Rio Grande.

  • Da onde surgiu a ideia?

Espalho minha arte pelo país e ainda não havia tido a oportunidade de atuar com as crianças do RS, com o lançamento do lindo livro do Projeto Pinípedes do Sul, Mar de Leões, pensei “Por que não? Quem sabe uma grande parceria pode acontecer! Entrei em contato, apresentei o projeto e daqui a alguns dias já estarei colocando os pincéis na mala.

  • Qual é o histórico do teu trabalho e as tuas principais ações?

Sou parceiro de dezenas de ONG’s que preservam praticamente todas as espécies de animais marinhos pelo país, atualmente já fiz mais de 60 murais em grandes formatos e centenas de oficinas de arte com crianças, toda ação tem o seu toque especial, todo lugar tem seu encanto e todas as pessoas que trabalham em defesa de um mesmo ideal, a afinidade é imediata.

  • Quais as tuas motivações para atuar na área ambiental?

Amor extremo pela vida marinha, dos seres minúsculos e microscópicos aos imensos! E o prazer de ver o olhar de surpresa e interesse das crianças em busca de conhecimento.

  • O que tu achas que as tuas produções provocam na sociedade?

Primeiro procuro trazer a beleza da Vida Marinha para a sociedade, e com ela passar energia positiva e alegria, mesmo que por alguns segundos aos expectadores, já vale e em segundo lugar, enaltecer a espécie abordada, se eu pintar uma baleia-franca, uma toninha ou um leão-marinho haverá sempre crianças encantadas e querendo saber mais sobre elas!

  • Como tu te sentes trazendo um pouco do teu trabalho para o extremo sul do Brasil?

Muito feliz! Muito! Minha passagem será muito rápida, mas vou me dedicar cada minuto para deixar o máximo de sementes e retornar o mais breve possível!

  • Como tu acha que isso irá contribuir para a tua chancela internacional de um dos maiores defensores de oceanos do mundo?

Ocean Artist Society nasceu em MIAMI com dois dos maiores artistas da Vida Marinha do Mundo Guy Harvey e Robert Wyland, dos Estados Unidos eles passaram a espalhar suas artes pelo mundo. Ao entrar neste seleto grupo, tenho a missão de dar continuidade aos esforços dos criadores da associação e cumprir seus objetivos, chegar onde eles não chegaram, e usar nossa ferramenta, a arte, em prol da preservação dos oceanos do mundo e suas criaturas. Brasileiro, sigo no meu objetivo atual: espalhar minha arte e esse ideal por todo país.

O artista ainda ressaltou que tenho apoiadores que foram fundamentais nessa minha caminhada, onde graças a eles tenho condições de receber todos os materiais necessários para continuar as ações, são eles: Tintas Eucatex, Souza telas e acessórios, Wimpel Equipamentos de Pintura e Pincéis Tigre.

Assessoria de Comunicação Projeto Pinípedes do Sul

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.