Aprovado Projeto de Lei que Cria a Secretaria de Mobilidade, Acessibilidade e Segurança

O Projeto de Lei 001/2018, que cria a Secretaria de Município de Mobilidade, Acessibilidade e Segurança (SMMAS), foi aprovado no dia, 18, em sessão extraordinária realizada na Câmara de Vereadores. A proposta, que recebeu 12 votos favoráveis e oito contra, havia sido protocolada no último dia 12 pelo prefeito municipal, Alexandre Lindenmeyer.

A criação da secretaria foi anunciada em coletiva de imprensa e justificada pelo chefe do Executivo em razão dos 55 homicídios e das 34 mortes ocorridas no trânsito, no ano passado. A nova pasta, que aglutina as demandas da Secretaria de Município de Mobilidade Urbana e Acessibilidade (SMMUA) com as da Superintendência de Segurança do Município, terá como titular o ex-comandante do 6º Batalhão de Polícia Militar (BPM), Carlos Alberto Brusch Terres.

Foi durante a passagem dele pelo Comando da unidade que aconteceu a implantação do Policiamento Comunitário, a partir de um convênio estabelecido entre os governos municipal e estadual em dezembro de 2013. A experiência no tratamento das questões relacionadas à área da segurança foi o fator determinante para que o nome de Brusch fosse o escolhido para gerenciar as atividades da pasta.

O novo organograma da SMMAS atende a critérios e exigências federais e compreende a existência dos cargos de corregedor-geral, ouvidor-geral, comandante e subcomandante da Guarda Municipal. Segundo o projeto de lei apresentado, os postos de ouvidor-geral, comandante e subcomandante deverão ser ocupados por servidores de carreira dos quadros da própria Guarda Municipal com ensino superior completo.

A partir de agora, o Executivo aguarda o recebimento da mensagem da Câmara de Vereadores contendo no texto a informação da aprovação para posteriormente sancioná-lo e encaminhá-lo para publicação oficial.

Sobre o Secretário

Carlos Alberto Brusch Terres é natural de Porto Alegre e ingressou nos quadros da Brigada Militar no ano de 1983. A ligação dele com a cidade do Rio Grande teve início no ano de 1997, quando chegou ao 6º BPM, como oficial intermediário, no posto de Capitão, onde permaneceu até 2002.

No mesmo ano e agora na condição de Major, passou a responder como subcomandante da unidade, função que exerceu pelo período de nove anos. A titularidade do comando da unidade foi adquirida em 2011 e exercida até 2014, quando atingiu o posto de Tenente-Coronel.

Antes de ingressar na reserva remunerada da instituição, Brusch ainda assumiu os cargos de Chefe do Estado Maior do Comando Regional de Policiamento Ostensivo do Sul (CRPOSul), comandante do Comando de Órgãos Especiais, em Porto Alegre, e sub-diretor do Departamento de Informática, na capital.

Como condecorações recebidas, destacam-se a Medalha de Serviço Policial Militar-Categoria Ouro, a Comenda Coronel Claudino – 6º BPM e também o Título de Cidadão Rio-grandino, concedido pela Câmara de Vereadores do município.

Assessoria de Comunicação/PMRG

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.