Aluna de Automação Industrial é premiada em Feira Brasileira de Jovens Cientistas

A primeira edição da Feira Brasileira de Jovens Cientistas (FBJC), evento online, pré-universitário e idealizada por estudantes do país foi realizada virtualmente de 26 a 28 de junho de 2020, com a participação de aluna do segundo ano de Automação Industrial na modalidade integrada ao ensino médio.

A estudante Kríshina Pereira Almeida, participou com a equipe Tech In Science composta pelos estudantes: Amanda Moser, Luanda Duarte da Silva, Lucas Alves Sampaio, Lorenzo Windmoller Martins, Raquel de Melo Bastos e Talita Telles dos Santos, todos de outras Instituições. A equipe recebeu o 2º Lugar na Trilha Instituto Arara Azul da Maratona de Inovação da Feira Brasileira de Jovens Cientistas.

A premiação ocorreu pelo desenvolvimento de um projeto de ninho para arara azul como parte do desafio tecnológico promovido pelo Instituto Arara Azul dentro do evento.

A solução criada pela equipe se chama Ecomanta e tem como objetivo principal a substituição completa da madeira processada, pois a mesma é ineficaz quanto a umidade do Pantanal e incentiva o desmatamento. A madeira quando exposta a chuva do bioma aliada a dificuldade para secagem ocasiona na proliferação de fungos que podem ser prejudiciais tanto para o material do ninho quanto para seu morador. Outro problema colocado em discussão para a criação da proposta foi como colaborar para a redução de poluentes em potencial. Diante disso, surgiu a ideia de utilizar o plástico PET, embalagem cartonada Tetra Pak e o pó de serragem para produzir a Ecomanta, um inovador isolante termoacústico sustentável, resistente, impermeável e com o custo de R$52,00 a unidade do ninho.

Assessoria de Comunicação Social IFRS – Campus Rio Grande

Foto: Divulgação/IFRS – Campus Rio Grande

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × um =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.