Novembro Negro

Novembro Negro discutirá políticas públicas para a população negra e combate ao racismo

A abertura oficial do “Novembro Negro” da Prefeitura deste ano acontecerá no próximo dia 10 de novembro, às 19h30, no Salão Nobre da Prefeitura. Este ano o calendário de atividades está sendo realizado através de uma ação intersecretarias, envolvendo as Secretarias de Educação (SMEd), da Cultura (SeCult), do Turismo (SMTel), da Saúde (SMS), de Cidadania e Assistência Social (SMCAs), de Serviços Urbanos (SMCSU) e Desenvolvimento Primário (SMDP).

“A precursora da realização do Novembro Negro em Rio Grande foi a direção da Escola Viva, através da diretora da instituição Maria de Lourdes Scouto e do professor Marcelo Studinski, em 2014. A partir daquele ano a programação vem tomando cada vez mais forma e envolvendo novos parceiros”, explicou a assessora pedagógicas das Relações Étnico Raciais da SMEd, Ingrid Oliveira Santos Costa, que é também membro do COMDESCON.

Na programação desta edição estão inclusas atividades como o Quitanda Cultural com a temática afro, a realização do “Praça Negra”, com oficinas turbante, consumo de plantas medicinais, rodas de conversa e shows musicais, no dia 20 de novembro.

Os três eixos trabalhados este ano pelo Novembro Negro serão: relatos de experiências, consciência negra na comunidade escolar; políticas públicas, a caminho da igualdade racial e combate ao racismo, visibilidades às lutas de raça, gênero e classe.

Durante o evento haverá o lançamento de um livro sobre a escrita feminina negra, intitulado “Perspectivas Femininas Afro-Brasileiras”, além da exposição de trabalhos nas escolas da Rede Municipal de Ensino.

“Buscamos com essa programação, acima de tudo, promover o trabalho dos rio-grandinos e rio-grandinas negros e aqueles que trabalham com a temática afro, na busca do fortalecimento do combate ao racismo”, pontuou Ingrid.

Apoiam o Novembro Negro deste ano: FURG, PROEXC/NEAB, 18ª Coordenadoria Regional de Educação, IFRS, COMDESCON, Quitanda Cultural, ONG Águas Do Sul (Projeto Boneca Africana Rana), Anhanguera e ARUTEMA.

Confira a programação em anexo.

Assessoria de Comunicação/PMRG

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.