As pessoas é que são corruptas e/ou corruptíveis e não o sistema em si

Infelizmente, enquanto:

– Alguns continuarem furando filas;

– Alguns continuarem se aproveitando de pessoas vulneráveis e/ou de suas boas-fés;

– Alguns não devolverem o troco a mais;

– Alguns continuarem sentando em assentos reservados para idosos, gestantes e/ou deficientes sem pertencerem a tais classes;

– Alguns continuarem confundindo o privado com o público ao se aproveitarem de algo em benefício próprio;

– Alguns sonegarem impostos ao não fornecerem nota fiscal;

– Alguns continuarem pagando por trabalhos acadêmicos seja para serem aprovados em uma disciplina e/ou para obterem um título e, em contrapartida, outros continuarem sendo coniventes com isso;

– Alguns desfrutarem de privilégios que não são seus e/ou para si;

– Alguns continuarem assinando projetos, obras, plantas que não fizeram e/ou participaram;

– Alguns cobrarem por serviços desnecessariamente;

– Alguns continuarem cobrando propina de seus pacientes por fora de seus contratos com seus empregadores;

– Alguns profissionais continuarem fingindo que estão trabalhando, mas na verdade só querem ganhar o salário no final do mês sem se preocupar com as suas responsabilidades;

– Alguns continuarem utilizando o “jeitinho brasileiro” e, pior, se vangloriando porque se julgam espertos;

– Alguns políticos continuarem roubando descaradamente e, com isso, prejudicando a população sem o menor pudor.

Continuar ocorrendo tantos outros atos ilícitos, em menor ou maior escala, o nosso país irá continuar mergulhado na lama e na hipocrisia. Lamentavelmente, uma das consequências disso tudo é uma espécie de “egoísmo generalizado”. Diante disso, algo é notável boa parte da sociedade só pensa em si e não se dá conta que as coisas só vão realmente melhorar quando houver não só uma reforma política, mas uma reforma de pensamento, de consciência moral, pois é a partir de uma consciência moral que as pessoas vão conseguir discernir o certo do errado e quem sabe conseguir se colocar no lugar do outro ao perceberem o quanto é ruim ser enganado/lesado/prejudicado de alguma forma. É óbvio que pessoas ruins só conseguem triunfar quando as boas se omitem e/ou se calam. Quem faz uma Nação são as pessoas e não um sistema político, logo as pessoas é que são corruptas e/ou corruptíveis e não o sistema em si.

Ana Paula Emmendorfer (Professora de Filosofia e Lógica – Doutora em Filosofia/Unisinos-RS)

Foto: Pixabay

Siga no Facebook: facebook.com/logosreis/

Siga no Intagram: instagram.com/logosreis/

Siga no YouTube: youtube.com/logosreis/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 4 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.